Home Notícias Tecnologia avançada ajuda na classificação eficiente do plástico
0

Tecnologia avançada ajuda na classificação eficiente do plástico
Warning: A non-numeric value encountered in /home/rmai/public_html/wp-content/themes/newstube/functions.php on line 3295

0
0
A tecnologia dos sistemas AUTOSORT de TOMRA Sorting conseguiu elevar o nível de grau de pureza do plástico estabelecido em nível mundial
A tecnologia dos sistemas AUTOSORT de TOMRA Sorting conseguiu elevar o nível de grau de pureza do plástico estabelecido em nível mundial

A planta de ECOPlastics Recycling Ltd em Hemswell, Lincolnshire, (Reino Unido), é uma das mais avançadas da Europa e a mais importante do Reino Unido, com capacidade para processar 150 mil toneladas anuais de garrafas de plástico. A sua indiscutível liderança no mercado não seria possível sem a alta dotação tecnológica em sistemas e unidades de classificação, a grande maioria fornecidos pela TOMRA Sorting.

Mediante do uso desta avançada tecnologia, junto a um enfoque ecológico e inovador dos seus processos, ECOPlastics se consagrou como a única empresa do Reino Unido que produz flakes de PET com qualidade alimentar e os seus produtos podem ser encontrados em praticamente em todos os lugares do Reino Unido.

A planta de ECOPlastics foi inaugurada em 2010, contando com 20 unidades de TOMRA Sorting para classificar plásticos misturados provenientes de plantas de recuperação de resíduos do Reino Unido. A planta classifica plásticos por cores e polímeros, após a lavagem do PET em forma PurePET78® (flake de rPET de grau alimentício).

Depois do êxito desta primeira instalação, em finais de 2010 a ECOPlastics recorreu uma vez mais à TOMRA Sorting UK, pedindo-lhe um dos desafios mais exigentes. A empresa precisava fornecer regularmente a um dos seus clientes grandes quantidades de flakes de PET reciclado (rPET) super lavado, com níveis de pureza notavelmente superiores aos estabelecidos até então pela indústria. E tudo isto, sendo realizado com alto rendimento, com uma perda mínima de material e mantendo a pureza da produção.

Perante este desafio, estabeleceram-se as bases de uma associação que daria como resultado o desenvolvimento de uma solução pioneira em nível mundial na classificação de plásticos. Imediatamente, a TOMRA Sorting iniciou um projeto de P&D para desenvolver a tecnologia capaz de satisfazer o desafio de gerar uma super produção de PET com os níveis máximos de pureza. O objetivo era conseguir um sistema que permitisse a classificação de flakes de PET por material e cor em simultâneo, oferecendo um PET de referência com uma qualidade e pureza insuperáveis (medida em partes por milhão em vez de usar percentagens).

Os engenheiros da TOMRA Sorting trabalharam com a ECOPlastics durante um ano para melhorar o sistema AUTOSORT [flake] da TOMRA com o fim de alcançar esse objetivo. Brian Gist, engenheiro de vendas da TOMRA Sorting, explicou: “Muitas empresas do setor afirmavam que era impossível alcançar os níveis de pureza requisitados pela ECOPlastics, mas nós assumimos diretamente este desafio. Redesenhamos o software e os componentes, para além de dedicar um bom número de pessoas a analisar todos os detalhes deste desafio para conseguir tornar possível o impossível”.

Assim, em outubro de 2011, a ECOPlastics realizou o pedido de 5 sistemas AUTOSORT [flake], que oferecem uma capacidade de classificação de flakes de até 2mm, mantendo ao mesmo tempo altos níveis de pureza e minimizando a perda. Os sistemas AUTOSORT [flake] integrou-se fácilmente na planta de Hemswell, posicionados depois do material identificado, triturado e lavado. Após esses processos, os flakes lavados são classificados por tamanho antes que o AUTOSORT [flake] elimine suas impurezas. O sistema baseia-se na tecnologia comprovadas VIS (espectrometría visual) de TOMRA Sorting, que oferece uns resultados extraordinários em aplicações standard de classificação em todo o mundo.

“Tivemos que fazer uma grande mudança na escala de medida da pureza, passando de medir em percentagem para medir em partes por milhão (pmm), mas assumimos o desafio e estamos muito satisfeitos com os resultados e com o novo grau que se estabeleceu a nível mundial”, afirmou Gist.

Este desenvolvimento ajudou a ECOPlastics a fornecer os seus próprios equipamentos de extrusão, e também a todos os seus clientes de flakes de PET, o material de melhor qualidade disponível no mercado atualmente. Até então, a indústria não teria sido capaz de classificar flakes de PET atingindo este alto grau de qualidade e pureza.

Brian Gist conclui afirmando: “ECOPlastics sabia claramente o que pretendia alcançar e nós oferecemos todo o apoio durante o processo. Este é um extraordinário exemplo de trabalho conjunto de duas empresas para conseguir resultados excepcionais”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.