Home SeçõesEconomia Verde Site estimula micro e pequenas empresas a diminuírem os desperdícios para lucrarem mais

Site estimula micro e pequenas empresas a diminuírem os desperdícios para lucrarem mais

por redação

site-sebraeO Sebrae Minas lança um portal que estimula, orienta e  destaca bons exemplos de práticas sustentáveis adotas por micro e pequenas empresas em Minas Gerais. O site www.praticassustentaveis.com.br já está no ar e mostra como encontrar soluções viáveis e simples que podem melhorar a rentabilidade do negócio.

A ferramenta traz informações, dicas, cartilhas, vídeos e entrevistas sobre histórias de sucesso de empreendedores que apostaram na economia de água e energia, além do descarte correto de resíduos, com o objetivo de lucrarem ainda mais.  ?O site é um canal de interação com os empresários, com informações para as micro e pequenas empresas sobre sustentabilidade, negócios e boas práticas?, explica Júlia Padovezi, analista da Unidade de Inovação e Sustentabilidade do Sebrae Minas.

Os empresários que já adotam práticas sustentáveis em suas empresas também poderão ter mais informações sobre o processo de inscrição  do Prêmio Sebrae Minas de Práticas Sustentáveis. Criada em 2011, a premiação, promovida pelo Sebrae Minas, é um incentivo à inovação tecnológica e à busca de posturas e procedimentos que possam tornar as pequenas empresas mais eficientes, rentáveis e sustentáveis.

Na última edição, a premiação bateu recorde de inscrições: 193. Foram 71 inscritos a mais que na edição anterior. Segundo Julia, o onsumidor está cada vez mais informado e preocupado com a preservação ambiental. Muitos estão sentindo na pele os impactos, como a escassez da água. ?Queremos destacar boas práticas para que inspirem outros empresários a essa nova realidade?, explica.

Conheça algumas boas práticas adotas por micro e pequenas empresas mineiras:

Chuveiro econômico

Normalmente, existem três posições do chuveiro: desligado, morno e quente. Sem perceber, gastamos mais água e luz do que o necessário. O EcoShower foi criado para resolver esse problema. Ao invés de ter apenas três posições, a invenção oferece pontos intermediários que amenizam a temperatura e tornam o banho confortável sem a necessidade de aumento do fluxo. O sistema foi desenvolvido em Santa Rita do Sapucaí e testado em um laboratório da Universidade Federal de Itajubá (Unifei).

Produção eficiente

A fábrica K-Jet, em Belo Horizonte, enfrentava algumas dificuldades quando a questão era economia de água. As máquinas produtoras de plástico eram resfriadas com água, que depois evaporava ou era contaminada com óleo. A limpeza do galpão, que carregava uma mistura de óleo, resíduos plásticos e água, ia direto para o esgoto local.

Para melhorar a relação com o meio ambiente, foi instalado um coletor de água da chuva  com capacidade para 11 mil litros. Essa água passou a ser utilizada no resfriamento das máquinas, por meio de uma bomba que evita a mistura com o óleo. Em relação à limpeza, foram implantados sistemas de decantação, que separam o plástico e o óleo da água. Depois de tratada, ela é reutilizada de outras formas. Telhas escuras foram substituídas por transparentes, o que fez o gasto de energia cair.

Contra o desperdício

Práticas sustentáveis são constantemente entendidas como complexas ou economicamente impraticáveis por micro e pequenas empresas. Porém, alguns estabelecimentos de São João del-Rei mostram que é possível crescer graças à conscientização ambiental.

Um exemplo é Tadeu Cláudio Pires, proprietário do restaurante Pelourinho, que conseguiu reduzir a perda de alimentos diários de 20kg para 4kg. O resultado? Uma economia mensal de R$5 mil. O empreendedor explica como conseguiu ser mais sustentável:

Moda ecofriendly

Grama já nasceu com propósito ecológico. As blusas, calças, saias e vestidos da marca são feitas com material sustentável e até os resíduos são reaproveitados para confecção das roupas. Aliado a isso, a marca participa de vários projetos sociais em Belo Horizonte.

Entre os materiais usados na confecção, estão o algodão orgânico e o pet reciclado. A marca tem preferência por fornecedores brasileiros, e que tenham a mesma ideologia, de proteção ao meio ambiente.

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário