Home Notícias Shopping D e Trashin reciclaram mais de 370 toneladas de resíduos

Shopping D e Trashin reciclaram mais de 370 toneladas de resíduos

por redação

Parceria já proporcionou a reciclagem de mais de 370 toneladas de resíduos do empreendimento. Objetivo é promover cada vez mais ações que impactem positivamente o ecossistema e a sociedade

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi celebrado nesse mês de junho e cada vez mais a adoção de iniciativas sustentáveis e ligadas ao tripé do ESG (Environmental, Social and Governance) tem chamado a atenção e conquistado espaço em diversas empresas do País. Há mais de um ano, o Shopping D, na zona norte de São Paulo, firmou parceria com a Trashin, empresa de logística reversa, para a gestão de resíduos do empreendimento. De lá pra cá, já foram coletadas mais de 370 toneladas de resíduos.

Com método inovador para coleta e controle absoluto dos volumes de resíduos produzidos pelo shopping, a Trashin instalou e sinalizou as lixeiras, realizou treinamentos com lojistas e equipes de limpeza, além de promover a educação ambiental por meio de dicas de descarte para orientar clientes e colaboradores. A empresa também é encarregada pela destinação correta dos resíduos, enviando-os para cooperativas de triagem que realizam o reaproveitamento dos materiais. Quando o material não pode ser reciclado, o mesmo é encaminhado para aterros sanitários, recebendo a devida destinação final.

“Nosso compromisso é sempre buscar soluções sustentáveis para minimizar problemas ambientais e sociais. E a parceria com a Trashin tem exatamente esse objetivo: gerar impacto positivo entre clientes e colaboradores para que todos possamos construir uma sociedade mais justa e sustentável”, comenta o gerente de Operações do Shopping D, Alex Dionizio.

Durante o período de parceria já foram recicladas mais de 85 toneladas de papel, 4 toneladas de plástico, 2 toneladas de metal e 1 tonelada de vidro. Isso significa que todos esses materiais ganharam uma nova chance e voltaram como insumo para a cadeia produtiva. Só com a reciclagem do plástico, evitou-se a emissão equivalente a 2 toneladas de CO2 na atmosfera, reduzindo o impacto ambiental negativo que ocorre na extração de recursos naturais para produção de novos produtos.

“Contamos com trabalhos realizados por cooperativas de reciclagem que realizam a triagem e o manuseio dos resíduos. Então, além de promover ações sustentáveis para as empresas atendidas, também apoiamos a economia circular, já que mais de 320 famílias participam das cooperativas associadas e conseguem ter um aumento de renda, além de capacitação profissional”, explica Gustavo Finger, diretor de Marketing da Trashin.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário