Início » Setor de latas de alumínio para bebidas do Brasil adere à Movimento Conexão Circular da ONU
Setor de latas de alumínio para bebidas do Brasil adere à Movimento Conexão Circular da ONU - RMAI

Setor de latas de alumínio para bebidas do Brasil adere à Movimento Conexão Circular da ONU

A adesão ao Movimento Conexão Circular foi assinada pelo presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas).

Por Sofia Jucon

O setor brasileiro de latas de alumínio para bebidas aderiu ao Movimento Conexão Circular, do Pacto Global das Nações Unidas, na última sexta-feira (15), em Nova York, em agenda prévia à Assembleia Geral da ONU de 2023. A adesão ao Movimento Conexão Circular foi assinada pelo presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas), Cátilo Cândido, representando todo o segmento de latas de alumínio do Brasil.

Dois bilhões de toneladas de resíduos sólidos são gerados anualmente em todo o mundo e a menor parte é reaproveitada. O Movimento Conexão Circular trabalha especificamente o ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) 12 sobre Consumo e Produção Responsáveis. É um esforço concentrado e focado em zerar a destinação de resíduos para aterros e alcançar níveis elevados de circularidade de todos os produtos até 2030.

Economia circular das latas de alumínio

Cátilo Cândido, destacou, no evento de assinatura de adesão ao Conexão Circular que: “garantir a circularidade dos produtos é condição para a redução efetiva da poluição, especialmente nos centros urbanos, rios e oceanos. Uma triste realidade que precisamos enfrentar com senso de urgência e compromissos realmente sérios. O mercado da lata de alumínio no Brasil é um dos maiores do mundo e atingiu o grau máximo de circularidade com 100% de reciclagem ano passado”, ressaltou.

Ele completou ainda que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são mais do que um compromisso do setor. “Tornaram-se uma condição essencial para nossa indústria. Queremos mais que cumprir com o Pacto Global. Vamos além, apoiando e incentivando esta agenda da ONU”, disse.

O Pacto é a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do planeta, com a proposta de estimular o alinhamento estratégico de empresas pelos princípios universais em direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção, todos traduzidos nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Foto: Cátilo Cândido (esq), presidente executivo da Abralatas, assina adesão ao Movimento Conexão Circular na sede da ONU, em NY. Crédito: Divulgação

Notícias relacionadas