Home Notícias Setor de Graxarias ganha Manual aprovado pela Cetesb

Setor de Graxarias ganha Manual aprovado pela Cetesb

por redação

Representantes das entidades participantes da iniciativa. Manual de Ações Ambientais Estratégicas – Graxaria, é orientativo e tem por objetivo ser referência de boas práticas em emergências

A presidência da Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, aprovou no último dia 5 de dezembro, na sede do Órgão, o Manual de Ações Ambientais Estratégicas – Graxaria, elaborado pela Câmara Ambiental do Setor de Abate, Frigorífico e Graxaria, da qual participa o SINCOBESP – Sindicato dos coletores e beneficiadores de subprodutos de origem animal do Estado de São Paulo.

Em solenidade com a presença dos presidentes da Cetesb, Carlos Roberto dos Santos, do SINCOBESP, Nelson Antonio Braido e da Câmara, Gustavo Razzo Neto, o documento foi liberado para publicação. O presidente da Cetesb destacou a satisfação em entregar um produto. “É sempre uma situação boa e que faz com que a Câmara tenha mais força.”

Segundo ele, um Manual de orientações, além de influenciar outros setores, deixa o setor em questão em uma situação mais confortável. “Ele é orientativo. Embora não seja normativo, é uma referência para nós da Fiscalização e uma referência para conduzir as boas práticas em emergências, então é importante.”

Para Santos a intenção da Cetesb é quebrar o elo de desconfiança através do diálogo. “Isso é muito importante para nós, para a segurança futura, para  que o que produzimos em 2017 continue servindo de referência para o futuro. A regra é uma regra conjunta que foi criada e discutida com o setor e com a Cetesb.”

O presidente da Câmara, Gustavo Razzo, lembrou todo o processo e destacou a agilidade com que o Manual foi finalizado, após a retomada dos trabalhos da Câmara. “Esse é um processo que se arrastava há 10 anos. Precisamos parabenizar essa administração pela agilidade com que o processo foi conduzido a partir de sua retomada.”

O presidente do SINCOBESP, Nelson Braido, lembrou que o setor melhorou muito ao longo desse tempo, mas certamente a publicação do Manual ajudará a melhorar ainda mais essa relação entre as empresas e o Órgão Ambiental.

A diretora Executiva do SINCOBESP, Valdirene Paes, afirmou que por se tratar de um Sindicato Nacional, o objetivo é encaminhar o Manual para os órgãos ambientais de outros Estados, de forma a compartilhar o conhecimento. “Tenho certeza que outros Órgãos Ambientais poderão se inspirar nesse trabalho que é muito rico em informações.”

Ao final da reunião a ex-presidente da Câmara, a advogada Renata Castanho, lembrou de um treinamento feito com os fiscais da Cetesb, no passado, e sugeriu a realização de evento semelhante. Naquela oportunidade os fiscais visitaram a Razzo, empresa do atual presidente da Câmara. “Continuamos de portas abertas para receber a equipe da Cetesb”, ressaltou Gustavo Razzo Neto.

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário