Home Notícias Samsung registra aumento de 54% no volume de resíduos eletroeletrônicos enviados para reciclagem em 2021

Samsung registra aumento de 54% no volume de resíduos eletroeletrônicos enviados para reciclagem em 2021

por redação

O Re+, programa de logística reversa e reciclagem da Samsung, registrou um aumento de 54% no volume de resíduos eletroeletrônicos coletados e tratados em 2021, em comparação ao ano anterior. Estão inseridos no processo de reciclagem conduzido pela Samsung produtos que são descartados pelos consumidores, tais como smartphones, tablets, notebooks, monitores, wearables, bem como produtos de grande porte como refrigeradores, máquinas de lavar, aparelhos de ar condicionado, além das peças removidas durante o reparo dos produtos, realizado em nossos Centros de Serviços e lojas da marca.

O programa tem o objetivo de oferecer aos consumidores a possibilidade de uma destinação correta aos equipamentos eletrônicos que não são mais utilizados, ao mesmo tempo em que reduz o impacto ambiental de seus produtos. A Samsung disponibiliza urnas de coleta para itens de pequeno porte, como smartphones, tablets, acessórios, pilhas, baterias e peças menores, em suas lojas e assistências técnicas autorizadas de todo o Brasil. Além disso, os consumidores da marca podem solicitar a coleta de produtos de médio e grande portes, como refrigeradores, máquinas de lavar, ar condicionado e televisores acima de 46 polegadas, diretamente em sua residência.

 

Economia circular

 

“A sustentabilidade é um tema de grande importância para a Samsung e nós temos o compromisso de fomentar a economia circular para que os recursos sejam reciclados e, consequentemente, reinseridos como matéria-prima na cadeia produtiva. Com o Re+, nos unimos aos nossos consumidores para reduzir os impactos ambientais e trabalhar em prol da sustentabilidade”, explica Luiz Xavier, diretor sênior de Customer Service da Samsung Brasil. “Após retirados dos pontos de coleta, contamos com prestadores de serviços devidamente licenciados pelos órgãos ambientais para realizar os processos de triagem, desmontagem, trituração e separação de componentes”, completa.

Clique aqui para saber mais sobre o programa Re+.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.