Home Notícias Reciclagem de vidro colabora com redução de energia e emissão de CO2

Reciclagem de vidro colabora com redução de energia e emissão de CO2

por redação

O material é 100% reciclável, o que permite a diminuição na sobrecarga em aterros sanitários e propagação de doenças

Composto essencialmente por areia, barrilha e calcário, o vidro pode ser reciclado infinitamente. O material vem da natureza, mas é um lugar que o mundo sustentável luta para não o deixar voltar. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o Brasil gera mais de 79 milhões de toneladas de resíduos sólidos por ano.

O vidro possui características bem típicas: conservação adequada de alimentos e bebidas, tanto em relação à temperatura e permanência de sabor, odor, cor quanto durabilidade; produtos acondicionados no vidro levam menos conservantes e estabilizantes; 100% reciclável, sem perder a qualidade ou a pureza do produto.

Benefícios para o meio ambiente

A vantagem de ser totalmente reciclável faz com que contribua na diminuição da poluição ambiental, preserve o meio ambiente, alivie a sobrecarrega de lixões e aterros sanitários, diminua a quantidade de vetores de doenças, além de contribuir para geração de empregos. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 400 mil pessoas vivem da reciclagem de resíduos do lixo.

Para reciclar, não é preciso que o vidro esteja intacto. Apenas com a utilização de cacos para a produção de novas embalagens já são reduzidos o consumo de energia no processo de fusão, extração de recursos naturais e a emissão de CO2. A Verallia, terceiro maior produtor de embalagens de vidro para alimentos e bebidas do mundo, tem como objetivo mundial atingir uma redução de emissão de carbono de 27,5% até 2030.

Somente em 2019, a Verallia utilizou 53% de caco externo reciclado na produção. A meta agora é atingir perto de 59% até 2025, globalmente. “A cada 10% de cacos que adicionamos no nosso processo, são aproximadamente 5% a menos de CO2 que emitimos e 2,5% a menos de consumo de energia no processo de fabricação”, afirma Etienne Laine, diretor de Compras e Supply Chain na Verallia América Latina. Em três anos, a empresa investiu € 15 milhões em seus centros de tratamento de cacos ao redor do mundo.

Ecologia e valor

Para colaborar ainda mais com o meio ambiente e ampliar o portfólio para seus clientes, a Verallia disponibiliza uma linha de produtos chamada Ecova, desenvolvida dentro de padrões diferenciados de sustentabilidade, cujo nome é inspirado na união das siglas ECO (Ecologia) e VA (Valor). As garrafas da linha ECOVA são até 30% mais leves do que as tradicionais, ou seja, consomem menos matéria-prima em sua produção e geram 15% menos emissão de CO2 durante a produção.

Com o propósito de “reimaginar o vidro para um futuro sustentável”, por meio dos pilares de aumento da circularidade das embalagens de vidro, redução significativa das emissões de CO2 nas operações e propiciar um local de trabalho seguro e inclusivo, a Verallia se dispõe a abordar seis dos 17 objetivos das Nações Unidas, trabalhando constantemente para atingir o número máximo.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário