Home SeçõesEconomia Verde Protocolo cria reserva Legado Verdes do Cerrado

Protocolo cria reserva Legado Verdes do Cerrado

por redação
De acordo com o protocolo assinado entre a CBA e o governo de Goiás, em 32 mil hectares serão desenvolvidas ações baseadas na biodiversidade do cerrado,  além de atividades produtivas convencionais

De acordo com o protocolo assinado entre a CBA e o governo de Goiás, em 32 mil hectares serão desenvolvidas ações baseadas na biodiversidade do cerrado,
além de atividades produtivas convencionais

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), empresa que compõe o portfólio de negócios da Votorantim S.A., assinou o protocolo de intenções para instituir o Legado Verdes do Cerrado, em parceria com o Governo do Estado de Goiás.

O Legado Verdes do Cerrado, localizado na cidade em Niquelândia, é uma área de 32 mil hectares, que é protegida pela Votorantim há mais de 40 anos. Serão desenvolvidas iniciativas voltadas à biodiversidade do cerrado, além da produção convencional de gado, plantio de soja e outras culturas, o que atualmente já acontece em 6 mil hectares da área total da reserva.

O Legado Verdes do Cerrado será constituído como uma Reserva Privada de Desenvolvimento Sustentável (RPDS), categoria prevista no Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), um modelo  inovador de gestão, criado pela Votorantim em 2012 quando foi instituída a reserva de mata atlântica Legado das Águas, com 31 mil hectares, localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo.

A área de cerrado, próxima ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, é constituída por duas fazendas. A Fazenda Engenho possui áreas dedicadas à pecuária, produção de soja e silvicultura, e onde se encontram as nascentes de três rios: Peixe, São Bento e Traíras, dos quais é captada toda a água de abastecimento público de Niquelândia. Já a Fazenda Santo Antônio Serra Negra possui pequenas áreas para criação de gado extensivo e é localizada nas proximidades do reservatório da hidrelétrica Serra da Mesa.

“O Legado Verdes do Cerrado será uma área para a prática de atividades relacionadas à economia verde, que promovam o desenvolvimento econômico para a região, além de fomentar a pesquisa da flora e fauna do cerrado, o segundo maior bioma da América do Sul, de grande importância hidrográfica e de biodiversidade”, explica Ricardo Carvalho, diretor-presidente da CBA.

Entre as parcerias já firmadas para o projeto estão o Instituto Votorantim, Reservas Votorantim, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), EMBRAPA Cerrado, Conservação Internacional, Universidade de Brasília, Universidade Federal e Estadual de Goiás.

 

Sustentabilidade

A Votorantim e a Companhia Brasileira de Alumínio, por meio do intercâmbio de conhecimento com seus parceiros estratégicos, desenvolve e fomenta projetos que visam promover a redução de impactos ao meio ambiente, preservação de recursos naturais e benefícios para bem-estar de comunidades, inspirando soluções, gerando valor compartilhando e produzindo legado para as futuras gerações.

Em 2017, serão investidos no estado de Goiás cerca de R$ 17 milhões, entre iniciativas de preservação ambiental, como o Legado Verdes do Cerrado; a manutenção de nascentes de cursos d’água; e o programa de promoção do desenvolvimento local de Niquelândia, voltado para o fomento de novas cadeias produtivas, empoderamento da comunidade e empreendedorismo, melhoria da qualidade da educação pública e apoio à gestão pública.

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.