Home Notícias Prolata recicla 16 mil toneladas de latas de aço no primeiro trimestre do ano

Prolata recicla 16 mil toneladas de latas de aço no primeiro trimestre do ano

por redação

Fabio Humberg, coordenador da ABRAFATI, e Thais Fagury, Diretora executiva da Prolata
(Divulgação Prolata)

A Prolata anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2022 em evento comemorativo aos seus 10 anos de história com números positivos. Entre janeiro e março, foram recicladas 16.013,38 toneladas latas de aço, registrando aumento de 79% em comparação ao trimestre anterior.  Entre os estados que mais reciclaram, Pernambuco, Bahia e Paraná foram os três protagonistas, sendo os dois primeiros estreantes no ranking.  

O número de cooperativas parceiras também aumentou. Atualmente, a Prolata conta com 65 cooperativas, em 15 estados, totalizando 1.657 cooperados, volume que representa crescimento de 3% em relação ao ano anterior. Além disso, há 36 entrepostos parceiros e o apoio de 14 fabricantes de latas de aço, 29 fabricantes de tintas, 10 fabricantes de alimentos, 30 redes de varejo e três grupos siderúrgicos, responsáveis pela revalorização e reciclagem do material.

A Associação tem trabalhado também para estimular os consumidores a fazer o correto descarte das latas utilizadas, com campanhas de comunicação e auxílio na implantação de pontos de recebimento em parceria com as redes varejistas. Hoje, existem 215 pontos distribuídos por todo o país, garantindo presença municipal 27% superior ao ano anterior.

 

Uma década de história

 

Em comemoração aos 10 anos de história da Prolata, realizado dia 10 de maio, para apresentação dos resultados e a valorização de todos que fazem a diferença no projeto, como os fabricantes de latas, tintas e alimentos, representantes do varejo, siderúrgicas, cooperativas, parceiros e entidades gestoras.

A presidente executiva da Associação Brasileira de Embalagem de Aço e Diretora executiva da Prolata, Thais Fagury, ressalta a evolução da Associação em uma década de história. “Foram os associados que acreditaram em todo o processo. Inicialmente, tínhamos 15 parceiros. Hoje, além dos fabricantes de latas, também temos 29 fabricantes de tintas, 30 redes de varejo e 10 fabricantes de alimentos”, ressaltou

A executiva ainda fez um agradecimento especial à Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (ABRAFATI), primeira cadeia de envasadoras que acreditou no projeto. Fabio Humberg, diretor de Comunicação e Relações Institucionais da ABRAFATI, homenageou a Associação com uma placa e destacou a importância do projeto. “Reconhecemos a qualidade no atendimento à Política Nacional dos Resíduos Sólidos e empenho em prol à sustentabilidade, garantindo as melhores soluções para os resíduos sólidos”, salientou Humberg no evento.

 

Economia Circular

 

Outro destaque durante a comemoração foi a participação da Boomera, empresa brasileira de Economia Circular e parceira da Prolata desde o início de sua história. “Sempre foi uma alegria participar da Prolata. A Boomera nasceu praticamente junto com a Associação. Hoje, somos uma das maiores empresas que recicla plásticos na América Latina. Isso só foi possível acreditando nas cooperativas e com o apoio da Prolata”, afirma Gui Brammer, fundador da Boomera. 

Representando as cooperativas, o Cleusimar Alves de Andrade, presidente da Cooperativa Recicle a Vida, trouxe um pouco da experiência como catador e falou sobre a importância do investimento ao trabalho dos catadores. “O apoio no investimento para melhorar os nossos meios de transporte é fundamental para os resultados”, comentou.

Dois associados-fundadores, a Brasilata, empresa brasileira fabricante de embalagens de aço, e a CMP – Companhia Metalgraphica Paulista, celebraram a história e a relevância da Prolata para o funcionamento da logística reversa e economia circular.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.