Home Notícias Projeto coleta mais de 30 toneladas de resíduos no Carnaval do Rio

Projeto coleta mais de 30 toneladas de resíduos no Carnaval do Rio

por redação

Parte do movimento Vá de Lata, o proj

Em apoio ao movimento Vá de Lata, projeto fez a gestão dos resíduos sólidos durante os desfiles e economizou energia suficiente para abastecer mais de 2 mil residências populares

eto “Do meu lixo cuido eu” deixou um legado no Carnaval 2019, coletando para reciclagem mais de 30 toneladas de resíduos durante os ensaios técnicos e desfiles oficiais na Marquês de Sapucaí, superando em mais de 100% a meta prevista de 14 toneladas. O projeto fez parte da campanha “Quem curte natureza e diversão, cai na folia de latinha na mão”, lançada pelo Vá de Lata, movimento criado pela Ball Corporation – uma das maiores fabricante de latas de alumínio do mundo – para conscientizar sobre as vantagens da embalagem mais amiga do meio ambiente: as latinhas de alumínio, apoiado pela Novelis, recicladora oficial das latinhas da Sapucaí 2019.

A iniciativa montou uma cooperativa de materiais recicláveis no setor 1 da Sapucaí, além de realizar um trabalho de educação ambiental nas arquibancadas e frisas, distribuindo sacolas recicláveis e ensinando os foliões a separarem resíduos orgânicos e recicláveis durante a festa. Segundo o Placar da Reciclagem – tecnologia que mostra o quantitativo coletado e o quanto a reciclagem destes materiais deixa de impactar no meio ambiente – foram poupados cerca de 148 MWh de energia, o suficiente para abastecer mais de duas mil residências populares durante um mês, e 443 m³ de água, além de gerar uma economia de cerca de R$ 30 mil para o poder público com a destinação correta dos resíduos.

“Esse foi o primeiro ano que a Vá de Lata apoiou o projeto e nós superamos bastante a meta. É muito importante aproveitar esses momentos de grande consumo para refletir sobre o descarte correto dos resíduos e reforçar o papel de todos, seja como consumidores ou como indústria. A Ball tem o compromisso com consumo consciente e é por isso que acreditamos em iniciativas como essas, que valorizam a educação ambiental.”, afirma Thaís Moraes, gerente de Comunicação e Comunidades da Ball América do Sul.

As latas de alumínio corresponderam a 66% do material coletado. A embalagem é campeã em reciclagem no mundo há 16 anos, com uma taxa de 97,3% só no Brasil, subsidiando, inclusive, a coleta de outros materiais, como o vidro e o PET. Além de ser 100% e infinitamente reciclável, a latinha, quando descartada corretamente, volta ao mercado em apenas 60 dias após ser consumida e, por isso, é considerada a embalagem mais amiga do meio ambiente. Cerca de 95 catadores, da Associação de Catadores do Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho, trabalharam no projeto, que reforçou a importância do trabalho destes profissionais na cadeia de reciclagem. “Precisamos nos atentar sobre o papel dos catadores para a nossa sociedade – eles são os verdadeiros agentes ambientais”, completa Moraes.

“Para a Novelis, apoiar iniciativas que promovam a reciclagem faz parte da estratégia da companhia e de seu compromisso com a sustentabilidade. A Novelis é a maior recicladora de alumínio do mundo e iniciativas como essa fomentam o processo de economia circular. Este ano deixamos um legado e fizemos parte de um carnaval sustentável, impactando positivamente o meio ambiente, as cooperativas e a população”, conclui Eunice Lima, diretora de Comunicação e Relações Governamentais da Novelis América do Sul.

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário