Home Notícias Plataforma em sistema de nuvem melhora eficiência para separação de resíduos

Plataforma em sistema de nuvem melhora eficiência para separação de resíduos

por redação

O Service Data Cloud (SDC) da STADLER fornece uma visão geral completa da operação de sua planta de separação com dados capturados diretamente dos equipamentos dentro da instalação, que permitem otimizar sua eficiência, facilitar a solução de problemas e o suporte ao cliente e maximizar o tempo de disponibilidade

A STADLER desenvolveu internamente a plataforma SDC baseada no sistema de nuvem, que captura dados operacionais e dos sensores dos equipamentos na planta de triagem do cliente. As informações são armazenadas com segurança na nuvem e são acessíveis de qualquer lugar, dentro ou fora da planta, por meio de um portal na web. O SDC aproveita a automação e a Internet Industrial das Coisas (IIoT) para otimizar e aumentar a eficiência dos processos nas plantas de triagem STADLER e fornecer um suporte melhor e mais rápido aos seus clientes.

Amela Sijaric, co-chefe da equipe SDC na STADLER, diz: “O SDC coloca o cliente e nosso departamento de assistência técnica em comunicação direta com as máquinas individuais na planta de triagem. Ele fornece informações valiosas sobre a operação e nos permite trabalhar de forma mais eficaz com nosso cliente para resolver quaisquer problemas que surjam e para garantir que a planta continue atendendo a seus requisitos em evolução de forma eficaz. O SDC é uma ferramenta com grande potencial, e continuaremos trabalhando com nossos clientes para estender suas capacidades com novas funcionalidades”.

O SDC é igualmente eficaz em todos os tipos de plantas de triagem e também pode ser implementado em plantas existentes, sendo necessário apenas atualizar o hardware. Nessas instalações, ele pode destacar áreas onde o processo pode ser aprimorado e pode ser usado para implementar atualizações nos equipamentos existentes.

Eficiência de processo otimizada, tempo de disponibilidade máximo

O SDC fornece uma visão geral da operação da planta de triagem, com visibilidade nas máquinas individuais. Os dados capturados pelo sistema são uma ferramenta poderosa para aprimorar o processo de separação, identificar quaisquer impasses ou problemas e agir para resolvê-los rapidamente. A análise dos dados históricos pode ajudar a otimizar o desempenho da máquina e revelar oportunidades de melhorias na eficiência da planta.

Amela Sijaric, co-chefe da equipe SDC na STADLER

Quando há um problema, com o SDC ele pode ser resolvido de forma mais rápida e eficiente. “O sistema sinaliza onde o erro está no fluxograma da planta , com uma indicação clara do nome do dispositivo com falha”, explica Amela Sijaric. “O cliente pode ver rapidamente a causa do problema na tela e sabe de imediato onde ir para resolvê-lo. Se for necessário suporte da STADLER, nossos especialistas técnicos podem acessar imediatamente os dados da máquina. Eles podem interpretar o problema e fornecer uma solução de forma rápida. Isso é particularmente benéfico quando a planta está longe das equipes de assistência técnica da STADLER. Ao acessar os dados, eles podem enviar o técnico mais adequado para lidar com o problema específico e levar as peças de reposição de que podem precisar para resolver o problema”.

O monitoramento do desempenho de cada máquina unido a um serviço pós-venda rápido reduzem ao mínimo o tempo de inatividade da planta e constituem em um benefício importante para o cliente.

Acesso total a documentação e tutoriais atualizados

O SDC possui uma seção dedicada a proporcionar aos clientes acesso flexível a uma biblioteca completa de documentação de cada uma das máquinas de sua planta, para que esteja sempre atualizada. Eles incluem não apenas fichas técnicas e manuais de operação, mas também um catálogo de peças de reposição. Ao fazer um pedido, o cliente identificará facilmente a peça correta desejada através de sua fotografia, descrição e número da mesma no catálogo. A seção Documentação também oferece vídeos tutoriais preparados pela equipe de assistência técnica da STADLER, cobrindo as tarefas de manutenção normalmente realizadas pelo cliente.

Inovação contínua

O primeiro projeto piloto começou no final de 2018 em uma planta de triagem de papel em Ingolstadt, seguido por outras plantas na Alemanha, França, Suíça e Dinamarca. Alguns dos clientes pioneiros no uso do SDC foram a AFM Entsorgungsbetrieb e a MAD Recycling GmbH. A instalação de gerenciamento de resíduos AFM Entsorgungsbetrieb em Feldkirchenjá usa o SDC há seis meses. O Sr. Anastasios Melidis, CEO da AFM vê o potencial da nova plataforma: “Ela nos permite analisar a eficiência operacional de nossa planta e reconhecer uma perda de desempenho, bem como a detecção rápida de erros ou danos. Também é útil para o nosso negócio, pois fornece estatísticas que nos ajudam a planejar nossas operações”. Ele também descobriu que “após uma breve introdução, o SDC é fácil de usar”.

Christian Ascherl-Landauer, CEO da MAD Recycling GmbH

O Sr. Christian Ascherl-Landauer, CEO da MAD Recycling GmbH, que está testando o SDC em sua planta de reciclagem de papel e papelão em Ingolstadt, Alemanha, concorda: “A operação do aplicativo é prática e clara.” Ele constatou que a disponibilidade da planta melhorou desde o início do projeto piloto: “O monitoramento da planta melhorou. Podemos analisar melhor os tempos de inatividade e fazer alterações na operação em andamento. Além disso, a solução de problemas aprimorada e as medidas direcionadas melhorarão a disponibilidade ainda mais no futuro”.

O desenvolvimento está em andamento, com novos projetos iniciando na Europa e nos EUA. “Estamos desenvolvendo novas funcionalidades, como o gerenciamento de fluxo de volume e a análise de temperatura. Também estamos trabalhando para introduzir funções de monitoramento de operação e manutenção preventiva, o que reduzirá ainda mais o tempo de inatividade”, conclui Amela Sijaric.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário