Home SeçõesEficiência Energética No formato virtual, VII Fórum do Biogás acontece dia 5 de novembro

No formato virtual, VII Fórum do Biogás acontece dia 5 de novembro

por redação

Próxima edição do fórum vai discutir o papel do biogás em ações de ESG e na matriz energética brasileira.
As inscrições podem ser feitas no site: https://abiogas.org.br/forum-abiogas-2020/

O VII Fórum do Biogás será realizado em modo virtual no dia 5 de novembro, com um dia inteiro de conteúdo, das 9h às 19h30, sendo dois painéis na parte da manhã e workshops na parte da tarde. O tradicional evento do mercado brasileiro de biogás e biometano, promovido pela Associação Brasileira do Biogás – ABiogás, vai reunir especialistas da indústria e representantes do poder público para debater temas que estão na pauta do dia dos setores energético, ambiental e financeiro.

As inscrições são gratuitas no site https://abiogas.org.br/forum-abiogas-2020/.

O ano de 2020 está sendo marcado por importantes discussões que tem correlação direta com a indústria do biogás. No setor elétrico, podemos citar as alterações das regras da geração distribuída (GD) e a reforma que está sendo promovida com a chamada Modernização do Setor Elétrico. O Novo Marco do Saneamento, sancionado em julho, e o Novo Mercado de Gás, com a esperada aprovação do Projeto de Lei 4.476/2020 no Senado Federal, também representam oportunidades importantes para o biogás.

Além de todos esses debates, um outro tema tem ganhado especial relevância neste período de coronavírus: a demanda por investimentos alinhados à sustentabilidade e às preocupações com as mudanças climáticas. Nesse sentido, cresce a importância da adoção de critérios ambientais, sociais e de governança (ESG) por parte dos investidores. Por isso, as finanças sustentáveis também farão parte da sétima edição do Fórum do Biogás.

Segundo o presidente da ABiogás, Alessandro Gardemann, o ano de 2020, apesar da crise geral provocada pela pandemia, foi de conquistas para o setor, que registrou marcos importantes, como a inauguração de uma das maiores plantas de biogás do mundo para geração de energia elétrica, da Raízen Geo Biogás, em São Paulo, e a chamada pública para aquisição de 5 milhões de m³/dia de biometano lançada pela Golar Power, entre vários outros empreendimentos.

“Nossa meta é chegarmos a uma produção de 30 milhões de m³/dia de biogás até 2030. Para isso, vamos precisar de investimentos da ordem de R$ 40 bilhões, mas estamos otimistas. Com os marcos que tivemos este ano, nossas projeções se tornam cada vez mais factíveis”, afirmou Gardemann.

Hoje, o Brasil concentra cerca de 520 plantas de biogás com uma capacidade de produção de 2,2 milhões de m³/dia do energético. O potencial do país, segundo o cálculo da ABiogás para 2020, é de aproximadamente 128 milhões de m³/ dia, considerando o aproveitamento total dos resíduos da agropecuária, setor sucroenergético e do saneamento.

Programação

Painéis

Moderação: Natália Viri, jornalista do site de negócios e investimentos sustentáveis Capital Reset:
9h30 – 10h30 – O papel do biogás na matriz energética brasileira
Alessandro Gardemann – Presidente da ABiogás
José Mauro Ferreira Coelho – Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME)
Heloisa Borges – Diretora de Estudos do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética (EPE)
Raphaella Gomes – Diretora de Biomassa e Renováveis da Raízen
Wagner Nunes Martins – Diretor Superintendente da Gás Verde

11h – 12h30 – O Biogás nas ações de ESG
Gabriel Kropsch – vice-presidente da ABiogás
Gustavo Fontenele – Coordenador de Economia Verde na Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia
Gustavo Bonini – diretor de Assuntos Governamentais da Scania
Luzia Hirata – Equity Research Analyst na Santander Asset Management
Ana Cristina Costa – Chefe do Departamento de Bens de Capital, Mobilidade e Defesa do BNDES

Workshops

14h – 15h – Workshop 1 – O biogás na Modernização do Setor Elétrico
Maria João Rolim – Sócia Institucional do escritório Rolim, Viotti & Leite Campos
Vladia Viana Regis – Gerente de Regulação da Eletrobras

15h30 – 16h30 – Workshop 2 – O biogás na Geração Distribuída
Bárbara Rubim – Coordenadora em Negócios de Geração Distribuída da Raízen
Gustavo Ortigara – Gerente de Desenvolvimento de Negócios de Gás Natural e Biomassa da Copel

17h – 18h – Workshop 3 – O biogás no Novo Mercado de Gás
Renata Isfer – Assessora de Comunicação Social do Ministério de Minas e Energia (MME)
Antônio Souza – consultor e especialista no mercado de gás natural

18h30 – 19h30 – Workshop 4 – O biogás nos investimentos sustentáveis e ESG
Leisa Souza – Coordenadora do Programa de Agricultura do Brasil da Climate Bonds Initiative
Cristóvão Alves – Analista Chefe da Sitawi Finanças do Bem

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário