Início » IPT e USP lançam e-book para reaproveitamento de resíduos de poda urbana
IPT e USP lançam e-book para reaproveitamento de resíduos de poda urbana - RMAI

IPT e USP lançam e-book para reaproveitamento de resíduos de poda urbana

Equipes do IPT e da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo desenvolveram guia para utilização de galhos e troncos de árvores de maneira sustentável

Por admin

Para expandir o conhecimento sobre o reaproveitamento de galhos e troncos, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) se uniram para pensar em formas de agregar valor a estes resíduos e um dos resultados desta parceria é a publicação do e-book ‘Resíduo de poda urbana: como reaproveitar?’.

e-book foi concebido como um passo a passo para possibilitar o reaproveitamento dos resíduos de poda e mostra que é preciso primeiramente conhecer minimamente as árvores da área de interesse, que pode ser a arborização de um município, de um bairro, de um parque, de um condomínio ou de outro território definido.

Em seguida, é necessário fazer a quantificação da composição física e gravimétrica média dos resíduos de poda: esta determinação possibilita a realização de estudos de aplicação de tecnologias de tratamento, reaproveitamento e reciclagem dos materiais, reduzindo assim o desperdício de um material nobre e a sua disposição em aterros.

O terceiro passo é a caracterização tecnológica das espécies de árvores analisadas, por meio de ensaios físicos e mecânicos realizados em amostras de resíduos de poda. A caracterização é importante na indicação do potencial de uso da madeira destes resíduos para finalidade estrutural e na fabricação de móveis e pequenos objetos de madeira.

Resíduos de poda urbana

Este passo a passo foi colocado em prática pelas equipes durante o projeto-piloto realizado na cidade litorânea de Bertioga (SP) e o e-book traz uma série de exemplos do reaproveitamento de resíduos levantados durante a sua execução, com informações das espécies em fichas técnicas contendo um resumo de suas características e usos potenciais.

O público principal do e-book são municípios brasileiros que podem se inspirar na metodologia construída com Bertioga e concluir que utilizar resíduos das podas urbanas de uma forma mais inteligente e sustentável não é uma meta impossível de ser atingida.

Profissionais que utilizam madeira para desenvolverem produtos, como artesãos e designers, também podem se interessar pela publicação. Concessionárias de energia elétrica também já se interessaram pelo estudo, visando um melhor destino para as podas realizadas por eles e por suas terceirizadas.

e-book está disponível para download em https://conteudo.ipt.br/como-reaproveitar-residuo-de-poda.

 

Notícias relacionadas