Home Fimai Ecomondo 2016 FIMAI faz parceria com a ECOMONDO na organização da maior feira do meio ambiente industrial e sustentabilidade da América Latina

FIMAI faz parceria com a ECOMONDO na organização da maior feira do meio ambiente industrial e sustentabilidade da América Latina

por redação

fimai-ecomondoDuas das maiores feiras do setor ambiental – a FIMAI, maior e mais importante da América Latina e a ECOMONDO, terceira maior na Europa – acabam de se unir para organizar a Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade, a 17ª edição, este ano.

“A chegada da ECOMONDO ao Brasil representa uma significativa cooperação nos seminários e congressos, com especialistas altamente qualificados compartilhando conhecimentos e orientando os profissionais brasileiros”, sintetiza Julio Tocalino Neto, idealizador da FIMAI, membro do Conselho do Meio Ambiente da FIESP e um dos executivos brasileiros mais atuantes no setor de sustentabilidade industrial.

Em meio a um cenário de alta dos custos com energia elétrica, redução das áreas de depósito de resíduos e de crise hídrica que atinge as indústrias, este ano, a Feira FIMAI ECOMONDO Brasil vai trazer soluções para a indústria minimizar os impactos não apenas para o meio ambiente como para o caixa das empresas.

Para debater o uso das tecnologias para minimizar os impactos ao meio ambiente das atividades industriais no uso da água, da energia e, ao mesmo tempo, reduzir o custo de produção, a feira vai unir os principais representantes das universidades, dos governos, das ONGs e da indústria.

“Nosso objetivo é apresentar equipamentos e soluções tecnológicas avançadas, já utilizadas no mercado internacional, para as empresas brasileiras”, aponta o italiano Simone Castelli, diretor de Negócios da ECOMONDO, em visita ao Brasil. “Além disso, difundir os principais conteúdos em prol do desenvolvimento de processos e sistemas de produção sustentáveis”.

Castelli afirma que os negócios de soluções ambientais sustentáveis para as indústrias, seja em tecnologias de racionamento da água, destinação de resíduos, energias renováveis, emissões e recuperação de áreas contaminadas, por exemplo, crescem por ano em torno de 6%. No bojo da pressão por metas de redução de emissão de carbono, como as anunciadas no Rio +10 e, recentemente, na ONU, pela presidente do Brasil Dilma Rousseff, nos EUA, cresce uma indústria de soluções tecnológicas para meio ambiente.

Ele cita o caso de uma importante fábrica italiana de macarrão, que por meio da tecnologia ambiental recicla 100% da água utilizada no processo de produção; e de uma indústria de molho de tomate que eliminou a necessidade de destinação de resíduos por meio da implantação de uma tecnologia de aproveitamento da casca da fruta.

“No Brasil, sem dúvida, há conhecimento técnico dos problemas ambientais, mas ainda há dificuldades, em alguns setores, de implantação dos processos ambientalmente adequados e na gestão dos recursos. A FIMAI ECOMONDO Brasil atende esta demanda ao auxiliar na disseminação de experiências bem-sucedidas e que dão resultados positivos para as empresas”, aponta Castelli.

Eventos e Comitê Científico – O evento também marcado pelo SIMAI – Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade, pela Oil Spill Brazil Conference & Exhibition 2015, e o Workshop “Gestão de Resíduos Orgânicos”, realizado pela International Solid Waste Association (ISWA/RDN-Latin America) e a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), que vão dar o suporte teórico para a feira.

Os seminários ganham importante respaldo técnico com a formação do Comitê Científico composto por entidades renomadas no setor como CETESB, FIESP, ABNT, IBAMA, SEBRAE, ABIPLAST, ABPCEA, ABETRE, ABRELPE, CONFEA, CEMPRE, POLI-USP e IPT.

A coordenação é do professor Fabio Fava, titular de Indústria & Biotecnologia Ambiental da Escola de Engenharia e Arquitetura da Alma Mater Studiorum Universidade de Bologna (Itália), com representatividade em comitês da ONU e da União Europeia.

“O objetivo da ECOMONDO Itália é colocar em sinergia todas essas atividades, procurando alinhar ao máximo o que vem sendo feito como ECOMONDO com as prioridades identificadas na Europa. A proposta é que este mesmo trabalho seja desenvolvido também aqui no Brasil”, explica Fava.

“A participação efetiva das mais importantes entidades e associações ligadas à área de sustentabilidade na indústria é um diferencial para respaldar os critérios técnicos do maior encontro de tecnologias, equipamentos, produtos e serviços ambientais”, apontou Tocalino Neto.

Entre os principais objetivos do Comitê Científico está o de criar em torno da zona de exposição da feira oportunidades reais para debater problemas normativos, novas normas, legislações, além de apresentar os instrumentos para financiar as inovações e tecnologias, e apontar técnicas e incentivos disponíveis para a indústria participar dessas ações.

 

Vitrine de tecnologias e expertises

Nesta 17a edição da FIMAI ECOMOND Brasil estão confirmados expositores das mais diversas áreas voltadas para o desenvolvimento sustentável e que compreendem equipamentos, fabricantes, consultores, entidades público e privadas, entre outros.

A EMEC Brasil oferece diversos modelos de bombas dosadoras eletromagnéticas, motorizadas e peristálticas, instrumentos de controle para análise de pH, cloro, turbidez, condutividade, redox, oxigênio dissolvido, flúor etc e uma série de eletrodos, sensores, agitadores, reservatórios e acessórios úteis para o correto funcionamento dos processos de dosagem.

Os produtos EMEC são fruto de uma longa pesquisa de projetos e experiências, utilizando tecnologia mais avançada garantindo qualidade, confiabilidade, precisão e longa durabilidade.

A sede localizada em São Bernardo do Campo possui toda infraestrutura com assistência técnica e grande estoque de peças, bombas dosadoras e instrumentos de análise.

Com mais de 60 bases no Brasil e no exterior, a Alpina Briggs é especializada no atendimento de vazamento de óleo e produtos perigosos. Suas unidades operam 24 horas, sete dias por semana.

Com técnicos altamente treinados, desenvolve também estudos técnicos ambientais e plano de emergência individual (PEI). Possui equipes próprias de logística e manutenção, ministra treinamentos certificados pelo The Nautical Institute, padrão IMO (International Maritime Organization), MCA (Maritime and Coastguard Agency), incluindo o curso de Agentes Ambientais Voluntários e ICS (Incident Command System). A empresa possui certificações ISCO (International Spill Control Organization), ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007.

A Alpina Ambiental oferece ao mercado há mais de 30 anos equipamentos para o combate à poluição por hidrocarbonetos e produtos perigosos, entre eles: barreiras de contenção, recolhedores de óleo (skimmers), motobombas de transferência, tanques de emergência, separadores de água e óleo, absorvedores sintéticos e orgânicos, entre outros.

A empresa possui cooperação técnica internacional com empresas referência no cenário mundial de oil spill reponse, é membro do PEI (Petroleum Equipment Institute), que certifica seus produtos em um nível de qualidade internacional, e possui certificação ISO 9001:2008.

A Treflux, da Alemanha, oferece o FonteOptic, uma estação de bombeamento como solução autônoma independente p/ 2.000 pessoas. Sistema de baixo custo, suficiente com 50.000 litros de fornecimento de água; o RevoOptic, técnica inteligente de acionamento elétrico para barcos, movimento através da eficiência e acionamento por imã permanente; o AquaOptic, para fornecimento inteligente e auto suficiente de oxigênio para ambiente aquático e na psicultura.

A Projeto Ambiental atua no mercado de assessoria e engenharia ambiental, sendo sinônimo de experiência há mais de 13 anos. Oferecendo uma linha exclusiva de estação compacta de tratamento de águas, tratamento de efluentes para reúso e serviços de licenciamento, estudos ambientais e remediação de áreas contaminadas.

A ABES-Seção São Paulo é uma organização não governamental de caráter nacional, sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo contribuir, por meio do conhecimento dos seus associados, para a melhoria da qualidade de vida da sociedade brasileira, e ser a referência do setor de saneamento ambiental, cujas atividades estão estruturadas sobre os alicerces da engenharia sanitária e das ciências ambientais, que também atua em parceria com outras instituições.

A PMS atua em vários seguimentos: consultoria de Segurança do Trabalho e Ambiental, viabilização de projetos para AVCB, treinamentos teóricos/práticos na área prevencionista,  venda e manutenção de extintores; gerenciamento de sistema de combate a incêndio e fornecimento de mão de obra especializada para as industrias nos segmentos de Engenheiros, Técnicos de Segurança, Bombeiros Civis e outros.

A TCI Ambiental, oferece um ERP inteligente, totalmente WEB, desenvolvido pela TCI Sistemas Integrados, especificamente para empresas de Transporte e Gerenciamento de Resíduos Industriais.

O sistema TCI Ambiental contempla vários setores da empresa, dentre eles: Comercial, Operacional, Reciclados, Faturamento, Financeiro, Frotas, Contabilidade, Compras, Mobile, Gestão de Resíduos, BI, entre outros.

FIMAI ECOMONDO Brasil

Local:  Expo Center Norte – Pavilhão Branco
Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – CEP: 02055-000
São Paulo-SP
Data: 11,12 e 13 de Novembro de 2015, das 13h00 às 20h00
Site: www.fimai.com.br/
Entrada franca.

Os seminários são pagos, com inscrições prévias no site.

Assessoria de Imprensa

Julio Zanella
Tel: 11-3262-0608

Cel: 11- 98714-2423

julio@ebccomunicacao.com.br

EBC- Escritório Brasileiro de Comunicação

Avenida Paulista, 2006 Conj.910, Cerqueira César- São Paulo- SP

http://www.ebccomunicacao.com.br

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário