Home SeçõesEficiência Energética EDP lança podcast Energia para Inovar

EDP lança podcast Energia para Inovar

por redação

A transformação pela qual o setor elétrico vem passando seguirá em alta nos próximos anos. Pensando em discutir o presente e as perspectivas de futuro, a EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, lança o podcast Energia para Inovar. Sob a perspectiva da transição energética, a companhia abordará três temáticas: Energia Solar, Experiência do Consumidor e Inovação e ESG como estratégia de negócios. O primeiro episódio já pode ser ouvido nas principais plataformas de streaming.

No primeiro episódio, a discussão acontece a partir das características do mercado de energia fotovoltaica. O bate-papo é mediado pela diretora de Inovação e Ventures da EDP Brasil, Andrea Salinas, com participação especial do Pedro Kurbhi, diretor de Comercialização e da Gestão de Clientes da EDP Smart, e Hamilton Silva, diretor de infraestrutura da Claro e líder do projeto “A Energia da Claro”. São debatidos temas como aplicação de investimentos de empresas no mercado, desafios para o crescimento e potencialidades do Brasil.

“Inovação vem andando lado a lado com nosso setor em meio ao processo de transição energética. Muitas vezes, temas de interesse da sociedade acabam ficando restritos aos grupos que trabalham ou cobrem o segmento. Nosso objetivo com o podcast é abordar de maneira leve e didática essa transformação, que vem acontecendo e vai modificar a relação de todos nós com o setor elétrico”, ressalta Andrea Salinas, diretora de Inovação e Ventures da EDP no Brasil.

Em 2020, a EDP apareceu entre as cinco empresas que mais investem em inovação aberta no país pela Top 100 Open Corps, ficando na primeira posição no setor de energia. A companhia também foi considerada a empresa mais inovadora do setor elétrico, pelo prêmio Valor Inovação Brasil.

Energia solar no Brasil

De acordo com a Absolar, em 2021, o Brasil chegou à marca de 9,4 gigawatts (GW) de potência instalada na fonte solar fotovoltaica, sendo 3,4 GW em geração centralizada e 6 GW na geração distribuída. Desde 2012, já foram investidos R$ 49,8 bilhões no setor, que gerou 283 mil empregos e arrecadação de R$ 15,7 bilhões em tributos. A utilização da fonte energética evitou a emissão de mais de 10,3 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera.

Atenta a isso, a EDP possui uma unidade dedicada à implementação de empreendimentos solares de autoprodução e geração distribuída, sendo a responsável pela construção, operação e manutenção dos sistemas. A companhia pretende atingir a marca de 1GWp de geração fotovoltaica até 2025.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário