Home Notícias Demanda por descontaminação de terrenos fomenta mercado ambiental promissor

Demanda por descontaminação de terrenos fomenta mercado ambiental promissor

por redação

remediacaoO mercado ambiental brasileiro apresenta grande potencial para fomentar a gestão de áreas contaminadas por parte das organizações público e privadas no país.

Um mapeamento realizado em São Paulo pelo IPT, em parceria com diversas entidades, identificou 230 empresas atuantes em vários segmentos como remediação, sondagens e laboratórios de análises. Entre as principais, 44% são consultorias ambientais, 18% laboratórios e 14% consultorias jurídicas.

O setor já movimenta R$ 1,3 bilhão ao ano e tem grande potencial para crescer muito mais, pois existem mais de 6.291 áreas contaminadas cadastradas, principalmente no Estado de São Paulo, o que cria demanda para geração de novas tecnologias, pesquisas e desenvolvimento, além de mão-de-obra especializada.

Uma pesquisa divulgada pelo IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas, confere um resultado positivo para o mercado brasileiro de remediação ambiental, o qual já movimenta R$ 1,3 bilhão ao ano; conta com 230 empresas atuando na área e tem potencial de crescer muito mais, considerando que há no país 6.291 áreas contaminadas cadastradas, principalmente no Estado de São Paulo.

A pesquisa foi realizada pelo IPT, em parceria com a Aesas – Associação Brasileira das Empresas de Consultoria e Engenharia Ambiental, a Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, agências ambientais de 11 estados brasileiros e às maiores empresas do setor. O cenário desenhado pelo estudo deixa clara a baixa maturidade do mercado, mas também aponta a grande oportunidade de sua expansão.

A pesquisa mostra que existe grande potencial para fomentar a gestão de áreas contaminadas por parte das organizações público e privadas no Brasil, principalmente, porque a questão ambiental não é mais um adereço do mercado, mas, sim, um dos itens fundamentais para vários negócios. Uma referência e a do setor imobiliário, que no aspecto ambiental é um dos mais atuantes no momento. Neste campo, uma área contaminada pode até inviabilizar o negócio, portanto é muito importante o trabalho de uma consultoria especifica em remediação, pois a exigência técnica para viabilizar o empreendimento é muito grande.

Além disso, neste setor, acompanhar as tendências e inovações globais é crucial, pois ao longo dos anos, as exigências tecnológicas ficaram mais sofisticadas e exigem que as empresas invistam muito mais em equipamentos, procedimentos, treinamentos e pesquisas para a aplicação eficaz da remediação.

Com o papel de disseminar as tendências e inovações no setor ambiental mundial, a XVIII FIMAI ECOMONDO Brasil – Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade, que acontece nos dias 4, 5 e 6 de outubro de 2016, no Pavilhão Verde do Expo Center Norte, em São Paulo, SP, vai apresentar as mais renomadas e importantes empresas deste setor durante a exposição.

O objetivo da FIMAI ECOMONDO BRASIL é apresentar equipamentos e soluções tecnológicas avançadas, já utilizadas no mercado internacional, e difundir os principais conteúdos para a formação especializada em prol do desenvolvimento de processos e sistemas de produção sustentáveis contemplando Água, Resíduos, Energias Renováveis, Emissões, Laboratórios, Equipamentos, Recuperação de Áreas Contaminadas, Tecnologias, Economia Verde, entre outros.

Serviço
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Verde
Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – CEP: 02055-000
São Paulo-SP
Horário: das 13h às 20h
Data: 4, 5 e 6 de Outubro de 2016
Site: www.fimai.com.br/
Entrada franca. Os seminários são pagos, com inscrições prévias no site

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário