Home Notícias Consórcio PCJ torna-se membro do Observatório Regional da Água da Província de Santa Fé, na Argentina

Consórcio PCJ torna-se membro do Observatório Regional da Água da Província de Santa Fé, na Argentina

por redação
Da esquerda para a direita: Pablo Storani, segurando o documento da parceria com o Observatório; Francisco Lahóz e ao seu lado o Ministro de Águas, Serviços Públicos e Meio Ambiente, Antonio Ciancio, segurando quadro em arraiolo com a logo do Consórcio PCJ

Da esquerda para a direita: Pablo Storani, segurando o documento da parceria com o Observatório; Francisco Lahóz e ao seu lado o Ministro de Águas, Serviços Públicos e Meio Ambiente, Antonio Ciancio, segurando quadro em arraiolo com a logo do Consórcio PCJ

Membros da Secretaria Executiva do Consórcio PCJ participaram no último dia 25 de junho do “Encontro Internacional de Cooperação para uma Gestão Sustentável dos Recursos Hídricos”, na cidade de Rosario, na Argentina. Durante a ocasião, foi assinada a parceria do Consórcio PCJ como assessor do Observatório Regional da Água, organizado pelo governo da Província de Santa Fé. A iniciativa faz parte de um acordo de cooperação firmado entre os argentinos e o Consórcio ao final de 2014.

O Observatório Regional da Água é um espaço participativo no qual se debate a gestão integrada dos recursos hídricos na Província de Santa Fé e em todas as regiões que esta interage.

Representando o Consórcio PCJ no Encontro Internacional, estiveram presentes o secretário executivo, Francisco Lahóz, e o gerente de comunicação e sensibilização, Murilo Sant?Anna, que na ocasião representaram o Presidente da entidade e prefeito do município de Indaiatuba (SP), Reinaldo Nogueira.

Durante a abertura do evento, o secretário de Águas da Província de Santa Fé, Fernando Musi, destacou em seu discurso a legislação argentina de gestão de recursos hídricos, que data de 1986, com a criação de sete comitês de bacias, além de pontuar a necessidade de integração regional e negociação de conflitos entre os setores de usuários: urbano, rural e industrial.

Musi ainda comentou sobre a importância de se implementar medidas não estruturais na gestão de recursos hídricos da província. “Além de obras, é necessário a implementação de medidas não estruturais, como ações de educação e sensibilização, que permitam racionalizar o consumo de água na nossa região”, disse.

De fato, esses dois temas são os gargalhos, se assim podemos definir, na gestão hídrica da Província de Santa Fé: maior integração entre os setores, sobretudo, do setor industrial, e a diminuição do consumo de água na região, que na visão dos gestores públicos pode ser mais racionalizado.

Os representantes do Consórcio PCJ, Lahóz e Sant´Anna, abordaram em suas apresentações as políticas públicas existentes e como é realizada a gestão de recursos hídricos nas Bacias PCJ, além de explanarem breve histórico dos 25 anos de ações da entidade, a ocorrência da crise hídrica em 2014 e os reflexos no sistema de gestão.

“Viemos aqui expor um pouco de nossas experiências, mas, também, aprender com as experiências de vocês. Desde a fundação do Consórcio PCJ, a entidade busca o intercâmbio de informações entre as nações como forma de aprimorar a gestão de recursos hídricos no Brasil e em outras partes do mundo”, comentou Lahóz.

María Julia Reyna, professora Universitária na Faculdade de Ciência Política de Rosario, moderadora de um dos paineis apresentados pelo Consórcio, comentou que “A América do Sul tem muito a contribuir com a gestão sustentável do mundo”.

A interlocução do Consórcio PCJ com municípios e empresas, a gestão da crise hídrica e as ações de educação ambiental, despertaram bastante interesse da plateia com mais de 100 participantes, entre técnicos e gestores de recursos hídricos da Província de Santa Fé.

Também participou do encontro a representante da UNESCO para a América Latina, a Sra. Zelmira May, que discorreu em suas explanações sobre políticas públicas na América Latina e Caribe e sobre experiências do Programa Intergovernamental de Cooperação Científica em Matéria de Hidrologia e Recursos Hídricos.

Na sexta-feira, dia 26, Lahóz e Sant´Anna tiveram um encontro reservado com o Ministro de Águas, Serviços Públicos e Meio Ambiente, Antonio Ciancio, e com o diretor provincial de Administração dos Recursos Hídricos da Província de Santa Fe, Pablo Storani, no qual foi realizada a assinatura oficial que tornou o Consórcio PCJ assessor do Observatório Regional da Água. O documento foi previamente assinado pelo Presidente do Consórcio PCJ, Reinaldo Nogueira, e trazido pelos representantes da entidade para a confirmação da assinatura pelo Ministro Ciancio. Ainda assinaram como testemunhas Lahóz e Storani.

Com a confirmação do Consórcio PCJ como membro do Observatório, a entidade auxiliará o governo da Província de Santa Fé em ações de aprimoramento da gestão de recursos hídricos daquela região da Argentina.

O Observatório Regional da Água possui três fortes objetivos particulares:  fortalecer institucionalmente os organismos estatais de gestão hídrica; capacitar os setores sociais vinculados à gestão da água; e elaborar documentos com temas relevantes para a política hídrica, para análise e debate participativo.

Lahóz convidou a todos os presentes, como segundo passo da parceria entre Consórcio PCJ/Argentina, a participarem da Comitiva que a entidade promoverá em outubro para uma das maiores feiras de tecnologias em gestão de água do mundo, a WATEC/Israel 2015.

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário