Home Notícias Consórcio PCJ indica 10 mandamentos para a proteção de nascentes preocupado com a disponibilidade hídrica

Consórcio PCJ indica 10 mandamentos para a proteção de nascentes preocupado com a disponibilidade hídrica

por redação

pcjLevantamento do Consórcio PCJ aponta para uma redução de 50 a 60% em média para a produção de água das nascentes nas Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Bacias PCJ), em 2015, tendo como base de cálculo a redução drástica das vazões nos corpos d?água. Num momento em que a região não se pode contar com vazões adicionais do Sistema Cantareira e com a capacidade das nascentes comprometidas devido à estiagem, que já dura dois anos, a equipe técnica da entidade elaborou documento com 10 mandamentos para preservar e recuperar as nascentes, além de iniciar forte campanha de sensibilização junto aos municípios da Bacia.

Aproveitando que neste mês se comemora o Dia da Árvore, em 21 de setembro, o Consórcio PCJ desde final de agosto, iniciou campanha junto aos municípios para recuperação de nascentes e de matas ciliares presentes em rios e córregos, além de motivar o plantio simbólico de um Ipê Branco, árvore símbolo da entidade, para marcar as comemorações pela Semana da Árvore e abrir as festividades preparatórias para o Dia de Proteção aos Mananciais, celebrado no próximo mês, no dia 13 de outubro.

“Os mandamentos são relevantes para aumentar a sensibilização da população e do poder público em relação à importância das árvores para a melhoria da qualidade da água, através da diminuição da turbidez, da eutrofização e do assoreamento dos rios”, comenta o coordenador de projetos do Consórcio PCJ e responsável pelo Programa de Proteção aos Mananciais da entidade, Guilherme Valarini.

O documento elaborado pelo Consórcio alerta para a construção de poços artesianos próximos às nascentes, o corte indiscriminado de florestas nativas, o perigo de queimadas a montante das nascentes, que podem comprometer a produção das mesmas. Os mandamentos ressaltam a importância das matas ciliares para o aumento da disponibilidade hídrica. A preocupação faz sentido. Só no Estado de São Paulo são 120 mil km desprotegidos de mata ciliares.

Estudos atualizados em 2015 pelo Consórcio PCJ apontam para redução da disponibilidade hídrica nas Bacias PCJ, durante o período de estiagem. Atualmente, a região possui uma disponibilidade hídrica de 298,19 m³/ habitante / ano, número este 73% menor em relação ao ano de 1996, quando o primeiro levantamento sobre esse tema foi realizado. A título de comparação, o Oriente Médio, caracterizado por áreas desérticas, possui 292 m3/habitante/ano, segundo dados do Relatório 2015 das Nações Unidas para Desenvolvimento Hídrico.

Os 10 mandamentos de recuperação das nascentes atenta ainda para a necessidade ações imediatas de reservação de água, com o objetivo de armazenar a quantidade máxima possível de água das chuvas que virão no próximo período chuvoso, previsto para se iniciar em outubro. Uma das iniciativas sugeridas é a construção de bacias de retenção, pois, possuem a característica de melhorar a drenagem e evitar erosão na zona rural, além de propiciar a recarga do lençol freático, armazenando água da chuva. Estima-se que as bacias, também conhecidas como cacimbas, possam recarregar nascentes até 15 km distantes.

Plantio de Ipê Branco quer sensibilizar comunidade e poder público

Aproveitando que os Ipês Brancos florecem em setembro e são a árvore símbolo do Consórcio PCJ, a entidade iniciou campanha de distribuição e plantio da espécie entre os 43 municípios e 32 empresas associadas, buscando sensibilizar a comunidade e o poder público sobre a importância das Matas Ciliares, a aplicação dos 10 Mandamentos de proteção das nascentes, além de comemorar o Dia da Árvore e a chegada da primavera, no dia 22 de setembro.

Consórcio PCJ distribuirá as mudas para cada município e empresa associado, sendo uma para representantes do Conselho Fiscal, e outra para as Secretarias de Educação e Meio Ambiente. No total, serão distribuídas 120 mudas para o plantio de sensibilização.

As mudas deverão ser retiradas entre os dias 15 e 16 de setembro, na sede do Consórcio PCJ, localizada na Av São Jerônimo, 3100, Americana-SP. Os interessados deverão entrar em contato através do email: ppm@agua.org.br, confirmando o dia exato da retirada.

Confira abaixo os 10 mandamentos da recuperação das nascentes:

MANDAMENTOS PARA PRESERVAR E RECUPERAR AS NASCENTES

1- Controlar a erosão do solo por meio de estruturas físicas e barreiras vegetais de contenção;

2- Minimizar a contaminação química e biológica;

3- Evitar o corte intensivo das florestas nativas;

4- Evitar queimadas a montante das nascentes;

5- Evitar o pastoreio intensivo de animais próximo aos rios e nascentes;

6- Realizar planejamento na construção de estradas rurais;

7- Construir bacias de retenção para infiltração de água no solo;

8- Evitar a construção de poços artesianos próximos às nascentes;

9- Evitar a impermeabilização do solo através de loteamentos em locais impróprios;

10- Manter um raio de 50 metros de mata ciliar nativa ao redor das nascentes e preservar matas ciliares e topos de morros.

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário