Home SeçõesEconomia Verde Atrações da FIMAI ECOMONDO contemplam soluções para a sustentabilidade

Atrações da FIMAI ECOMONDO contemplam soluções para a sustentabilidade

por redação

Fimai EcomondoA programação da XVIII FIMAI ECOMONDO – Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade, que acontece dias 4, 5 e 6 de outubro de 2016, no Pavilhão Verde do Expo Center Norte, traz iniciativas pioneiras que vão contribuir para disseminar as boas práticas de gestão nas áreas de resíduos, energia e reciclagem.

Para os organizadores, as iniciativas atendem uma demanda do setor industrial, por considerar os temas fundamentais para o desenvolvimento sustentável das empresas. “Aproveitando que a FIMAI ECOMONDO é o principal ponto de encontro dos profissionais da sustentabilidade na América Latina, através dessas praças temáticas, áreas demos e palestras técnicas, vamos proporcionar momentos construtivos para a troca de experiências, oportunidade de network com profissionais renomados e líderes do setor e, certamente, fomento de novos negócios no mercado de serviços, produtos e tecnologias ambientais com abrangência no exterior”, destaca Leonardo Cesare, diretor da FIMAI ECOMONDO.

Segundo ele, por meio de parcerias consolidadas com as principais representantes destes setores no país, a Abrelpe – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais; e a Abesco – Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia; serão realizadas as Praças de Resíduos e Reciclagem e Eficiência Energética, com o objetivo de mostrar para o público visitante as ações que são destaques no setor produtivo, as inovações e tendências que vão fazer a diferença em prol da sustentabilidade dos negócios nos próximos anos.

Economia Circular

Durante a realização da FIMAI ECOMONDO deste ano, por exemplo, os visitantes irão ter a oportunidade de participar da Praça de Resíduos e Reciclagem. O objetivo deste espaço é mostrar processos e atividades que permitem um melhor aproveitamento e reaproveitamento de insumos e recursos dentro do conceito da Economia Circular.

O projeto, desenvolvido em parceria com a Abrelpe, traz entre as atividades programadas, em conjunto com o ISWA (International Solid Waste Association), o lançamento do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2015; além de apresentar soluções estratégicas para as frações orgânica e seca dos resíduos, e promover clínicas interativas para melhorar a gestão dos resíduos no Brasil.

Em paralelo, empresas do setor ambiental irão fazer demonstrações de tecnologias e soluções que auxiliam na gestão dos resíduos.

Para saber mais acesse: http://fimai.com.br/praca-tematica-de-residuos-e-reciclagem/

Eficiência Energética

Já a Praça Temática de Eficiência Energética, desenvolvida em parceria com a Abesco, conta com uma programação interativa com a participação de especialistas renomados no setor, que irão abordar temas, como Medição e Verificação no PPE ANEEL; O momento do setor elétrico brasileiro e uma perspectiva de futuro; O mercado de Energia Solar Térmica; Eficiência Energética – Industrial; Iluminação Eficiente; Termografia e Eficiência Energética; Auditoria e Comissionamento; A Certificação ISO 50001 no Brasil: Estado da Arte; O problema da Geração Diesel no Horário de Ponta e o Sistema Elétrico; entre outros.

O objetivo dos organizadores é apresentar ao público da feira o passo a passo de técnicas e sistemas que ajudam na redução do consumo de energia e promoção da eficiência energética nas empresas.

Para saber mais acesse: http://fimai.com.br/praca-tematica-de-eficiencia-energetica/

Reciclagem automotiva

Outro destaque desta edição é a 1ª Ilha de Reciclagem Automotiva da América Latina, na qual os Visitantes irão conhecer, na prática, como funciona uma indústria reversa inteligente dentro da cadeia automotiva.

Segundo Eduardo Santos, consultor especializado em Reciclagem Automotiva e coordenador da iniciativa na FIMAI ECOMONDO, dentro do centro de reciclagem veicular estarão expostos veículos em final de vida, que terão seus componentes desmembrados e, assim, demonstrando a reciclabilidade de cada componente, os quais serão direcionados para as empresas especializadas que abordarão em detalhe, in loco, o reuso desses materiais. Também será exposto o recondicionamento de peças automotivas, bem como a desmontagem e reaproveitamento dos componentes de acordo com a Lei dos Desmontes. “Em paralelo, no mesmo local, os visitantes vão assistir palestras proferidas pelos principais players deste mercado”, informa.

Para saber mais acesse: http://fimai.com.br/ilha-de-reciclagem-automotiva/

Bens e serviços de resposta a emergências

O mercado de recursos e respostas as emergências ambientais também ganha espaço nesta 18ª edição da feira com a realização da OIL SPILL BRAZIL CONFERENCE & EXHIBITION 2016, dias 4, 5 e 6 de outubro, no auditório 2 do Pavilhão Verde.

Para Jayme de Seta, vice-presidente da ABPCEA – Associação Brasileira de Prevenção e Controle de Emergências Ambientais e coordenador técnico da Oil Spill Brazil Conference & Exhibition, a evidência do potencial que temos nas áreas de bens e serviços de resposta a emergências, induz a um preparo de todo o mercado. “A preparação para contingências é projeto de médio e longo prazo, que devemos estar olhando adiante, devemos considerar também os demais fatores (por exemplo, as mudanças climáticas) que trazem agravamento de falhas e de consequências e isso tudo exige que nos preparemos desde já. Junto desse agravamento, certamente as expectativas sociais por resultados são maiores tanto em termos de regramentos legais, quanto de cobranças junto à mídia. É hora de rever processos, otimizar sistemas e ganhar produtividade”, salienta.

Seta informa que a programação desta 2ª edição da conferência traz questões mais atuais referentes ao atendimento as emergências ambientais, desde acidentes em terminais industriais e de portos; metodologias para estudos de cenários acidentais a sistemas de gestão como o ICS – Incidente Command System; P2R2 – plano integrado entre governos, setor privado e representações da sociedade civil organizada direcionado para o aperfeiçoamento do processo de prevenção, preparação e resposta rápida à emergências ambientais no País; mapeamento ambiental e reabilitação de fauna; uso de drones nos atendimentos emergenciais; sensoriamento remoto, riscos climáticos e seus impactos em outros riscos; entre outros.

Para saber mais acesse: http://fimai.com.br/oil-spill-brazil/

 Capacitação Técnica

Em paralelo acontece XVIII SIMAI – Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade, tradicional seminário do setor que conta com explanações de temas sobre Resíduos, Energia, Água e Emissões. O SIMAI objetiva a construção da gestão do conhecimento sustentável através do compartilhamento de experiências e informações sobre as tendências e demandas do setor socioambiental nacional e internacional.

Confirmando sua tradição, os temas do SIMAI são abordados por especialistas renomados na área, proporcionando a troca interativa de conhecimento e o fomento de ações proativas no cenário de meio ambiente industrial e que são consideradas ferramentas imprescindíveis para a capacitação do profissional moderno.

O conteúdo do SIMAI é aprovado pelo Comitê Científico da FIMAI ECOMONDO Brasil, formado por presidentes e diretores das mais importantes entidades reguladoras e associações ligadas ao setor, para respaldar os critérios técnicos da feira e seminários: MMA – Ministério do Meio Ambiente, FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, AESabesp – Associação dos Engenheiros da Sabesp, ABPCEA – Associação Brasileira de Prevenção e Controle de Emergências Ambientais, ABETRE – Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes, ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, ABESCO – Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia, CEMPRE – Compromisso Empresarial para a Reciclagem, Escola Politécnica da USP – POLI-USP, CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo.

Para saber mais acesse: http://fimai.com.br/simai-2016/

0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário