Lançamento da comunidade de aprendizagem em PSA - Pagamento por Serviços Ambientais

quinta-feira, 19 de abril de 2012 [ Nenhum Comentário - Faça o seu! ]


   

Bruno Covas participa do evento de lançamento da Comunidade de Aprendizagem em PSA. (Foto: Pedro Calado)
Fernanda Faustino

Muito se fala sobre "Pagamento por Serviços Ambientais" no Brasil e diversas iniciativas nesse âmbito já foram realizadas no país e em várias partes do mundo. Entretanto, o conceito de PSA no Brasil ainda não é totalmente entendido pela sociedade e, algumas vezes, nem pelo setor privado.

Com o intuito de realizar um ambiente de construção coletiva do conhecimento, por meio de uma plataforma virtual que possibilite a troca de experiências e intercâmbio de informações sobre PSA no Brasil e no mundo, foi lançada, no dia 17 de abril de 2012, a "Comunidade de Aprendizagem em Pagamento por Serviços Ambientais".

A plataforma é semelhante ao Facebook, ou seja, é uma rede social específica para o tema de PSA, que inclui profissionais e instituições interessadas em interagir e apresentar projetos sobre o tema. O PSA visa a remuneração de produtores rurais que preservarem os recursos naturais.

A comunidade, que nasceu da ideia de contribuir para o desenvolvimento de capacidades no tema de PSA e superação dos desafios, é uma iniciativa do MMA - Ministério do Meio Ambiente, em parceria com a GIZ - Cooperação Alemã para o Desenvolvimento; KfW - Banco Alemão de Desenvolvimento; e o Funbio - Fundo Brasileiro para Biodiversidade, no âmbito do Projeto Proteção da Mata Atlântica II.

O mecanismo de PSA tem crescido rapidamente no Brasil, fato que vem sendo confirmado pelo grande número de projetos-piloto em implantação ou desenvolvimento no país. Em São Paulo, o projeto Mina D´água, por exemplo, está em execução. O PSA é uma forma eficiente de estimular a proteção das nascentes de mananciais de abastecimento público, conciliando atividades de preservação com geração de renda principalmente no meio rural.

Bruno Covas, secretário estadual do Meio Ambiente, ressaltou a importância da iniciativa para o momento ambiental que vivemos. "Não podemos desperdiçar recursos e precisamos continuar aprendendo para estarmos sempre atualizados e é isso que esta Comunidade se propõe a fazer", relata. O secretário ainda salientou que, nos últimos 30 anos, se evoluiu muito na questão ambiental, o que proporcionou que ela fosse colocada em pauta na agenda política brasileira.

Durante o evento também compareceram representantes da sociedade civil, governo e empresas que se propuseram a debater, aprimorar e utilizar a plataforma que pode ser consultada no endereço: www.aprendizagempsa.org.br.


Links Patrocinados

Comentários

 Nome:  *  E-mail:  *

Comentar *

Os comentários estão sendo moderados, não é necessário re-enviar!
Em breve o comentário estará disponível! E-mail não será exibido! 

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!

Agenda de eventos


Publicidade





Formas de Pagamento

PagSeguro

Newsletter

Nome:

Email:

Desejo receber informativos dos parceiros da Revista Meio Ambiente Industrial

Social