Home SeçõesEficiência Energética Projeto que estimula uso de energias renováveis em SP é destaque em relatório internacional

Projeto que estimula uso de energias renováveis em SP é destaque em relatório internacional

por redação

Iniciativa que levou capacitação gratuita à população do Vale do Ribeira recebeu aporte de US$ 10 mil para contribuir com realização da ação

O projeto Road Show Huawei Solar, que circula desde 2021 pelo estado de São Paulo oferecendo capacitação gratuita em instalação de sistemas de energia solar fotovoltaica à população, foi um dos destaques do relatório do Future Fund, fundo internacional que visa contribuir para minimizar os impactos das mudanças climáticas no mundo, divulgado recentemente.

A iniciativa de apoio ao uso de energias renováveis foi selecionada pelo The Climate Group em 2020 para receber aporte de US$ 10 mil para contribuir com a realização do projeto.

No material, a entidade atenta para a passagem da ação – que recebe apoio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado (SIMA) e é realizada pela Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) – por 13 municípios do Vale do Ribeira no primeiro semestre do ano passado.

A região integra o programa estadual Vale do Futuro, de fomento ao desenvolvimento sustentável e que é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR). Na época, 260 pessoas foram capacitadas e receberam, ao final, um certificado de conclusão do curso.

 

Aumento das oportunidades de emprego e geração de renda

“O Governo do Estado de São Paulo reconhece e agradece os governos financiadores do Future Fund por acreditarem neste importante projeto, que proporcionou conhecimento e capacitação à população de uma das regiões mais vulneráveis do Estado de São Paulo e contribuiu para o aumento das oportunidades de emprego e geração de renda no setor de energia renovável”, disse o Governador João Doria.

Ainda no decorrer do documento, o fundo internacional destaca que o projeto não apenas contribuiu para os planos de recuperação econômica pós-pandemia de Covid-19 e a geração de empregos verdes, mas também se alinhou às metas estabelecidas na Política Estadual de Mudanças Climáticas do Estado (PEMC) visando cumprir o Acordo de Paris e as campanhas Race to Zero e Race to Resilience, ambas da Organização das Nações Unidas (ONU) e das quais o Governo do Estado aderiu em 2021.

“As informações neste documento refletem o compromisso do Estado de São Paulo com o desenvolvimento sustentável. Por meio desse nosso trabalho buscamos não apenas renovar a matriz energética, que já é 62% renovável, mas estimular a população paulista quanto à importância da adoção de ações ambientalmente mais responsáveis e que podem refletir positivamente também na própria economia”, destacou o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

Atividades em SP 
Até meados de fevereiro deste ano, a ação já percorreu 21 municípios paulistas, contabilizando mais de 729 pessoas capacitadas.

O projeto da ABGD, que já beneficiou outros estados, conta com o patrocínio da empresa de tecnologia Huawei, da Risen Solar Technology, Charles Stewart Mott Foundation e da Solfácil.

Acesse o relatório completo do Future Fund:
https://www.theclimategroup.org/our-work/resources/future-fund-impact-report-2021

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário