Home Notícias Projeto Meias do Bem dá destino nobre aos resíduos têxteis
0

Projeto Meias do Bem dá destino nobre aos resíduos têxteis

0
0
Desde que nasceu, em 2013, a iniciativa socioambiental, organizada pela Puket, já reciclou mais de 15 toneladas de resíduos têxteis e doou mais de 15 mil cobertores

O Brasil produz 175 mil toneladas de resíduos da indústria têxtil ao ano. São retalhos de calças, camisas e meias que poderiam ser reaproveitados por outras indústrias, no entanto, de acordo com a ABIT – Associação Brasileira da Indústria Têxtil, mais de 90% dos restos de tecido são descartados incorretamente; e, por outro lado, o país importa mais de 13 mil toneladas do mesmo resto de tecido que joga no lixo. Com base nisso, o desperdício têxtil é um dos principais problemas da indústria da moda. Somente em 2015, o consumo mundial de tecidos alcançou, aproximadamente, 73 milhões de toneladas, sendo que, deste volume somente cerca de 20% foram recicladas.

Uma iniciativa criada pela Puket está fazendo a diferença neste setor. Lançado em 2013, o projeto Meias do Bem tem como objetivo atender não apenas o lado social, mas também a questão ambiental, através da reciclagem de meias usadas que são transformadas em cobertores e doados para moradores de rua e entidades beneficentes em todo o país. O sistema de reciclagem funciona apenas com as meias de algodão, que são trituradas, desfiadas e compactadas. Para cada cobertor produzido são reciclados 40 pares de meias.

Para participar basta ir à loja da Puket e fazer a doação. Segundo Fernanda Dittmers, gerente de Marketing da empresa, são aceitos todos os tipos meias e em qualquer estado: velhas, rasgadas, manchadas, sem o par.  Além disso, podem ser  doadas meias  de qualquer marca. Eles só não aceitam meias-calças e meias sociais, pois com elas não é possível fazer o processo para transformá-las em cobertores. Todas as meias recebidas são higienizadas antes de serem transformadas em cobertor.

Para a Puket, o importante é o consumidor participar da iniciativa e contribuir com o caráter socioambiental do projeto. “Desde o início já conseguimos reciclar mais de 15 toneladas de refugos e lixo têxtil. Graças à ajuda de todos os que participam do projeto, doando, compartilhando, promovendo a campanha de doação, esses mais de 15 mil quilos de têxteis não terminaram em lixões ou aterros”, informa Fernanda.

O Projeto Meias do Bem está espalhado por todo o Brasil através dos seus pontos de coleta, que são as mais de 160 lojas da Puket no país. Em cada local há uma urna da iniciativa, que recebe as doações ao longo de todo o ano. Os interessados também podem levar o projeto para sua escola ou empresa. É só entrar em contato com a Puket no site www.meiasdobem.com.br, através do link FALE CONOSCO. Nesse caso, é importante ter ciência de que será necessário ter um responsável que levará as meias recolhidas para a loja Puket mais próxima.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *