Home Seções Economia Verde Indústria de base florestal mundial avança em sustentabilidade
0

Indústria de base florestal mundial avança em sustentabilidade

0
0

industria-baseflorestalUm novo Relatório Global de Sustentabilidade que acaba de ser distribuído pelo International Council of Forest and Paper Associations (ICFPA) – principal órgão institucional da indústria florestal no mundo, e do qual a Ibá faz parte – , em seu encontro anual em Washington, nos EUA, mostra progressos em diversos indicadores de sustentabilidade e destaca as contribuições da indústria de base florestal mundial rumo à “economia verde”.

“Estamos orgulhosos dos avanços significativos e uniformes que a nossa indústria global atingiu nos compromissos de sustentabilidade”, disse Donna Harman, que acaba de entregar o cargo de presidente do ICFPA para Elizabeth de Carvalhaes. “Estamos ansiosos para continuar a fabricar produtos sustentáveis que as pessoas precisam e usam no dia a dia, ao mesmo tempo em que contribuímos para o bem-estar das comunidades ao redor do mundo”.

Para a recém-empossada presidente do ICFPA e presidente executiva da Ibá, Elizabeth de Carvalhaes, “os avanços confirmam que a indústria florestal global está comprometida com a agenda de sustentabilidade, investindo na melhoria de seus processos e de suas práticas ambientais, contribuindo assim com a conservação ambiental e o desenvolvimento do capital humano das comunidades”.

O relatório destaca as contribuições da indústria de base florestal mundial para a mitigação das mudanças climáticas, um dos principais tópicos da próxima Conferência das Nações Unidas (COP21) sobre o tema, marcada para Paris em dezembro.

O desempenho de sustentabilidade global da indústria de produtos florestais está avançando, com todos os indicadores agregados das associações

– A intensidade das emissões de gases de efeito estufa foi reduzida em 17% entre 2005 e 2013.

– A percentagem de bioenergia no mix de combustíveis da indústria aumentou 8 pontos percentuais , para 61%, desde 2005.

– O número de hectares certificados por sistemas de certificação de manejo florestal aumentou em 41 pontos percentuais, atingindo 52% da área para o suprimento de madeira, desde 2000.

– A taxa de reciclagem de papel mundial aumentou em 11 pontos percentuais entre 2001 e 2013, chegando 58%.

– A intensidade de energia utilizada pelas empresas foi reduzida em 4,3% entre 2005 e 2013, o que demonstra a eficiência energética desta indústria.

– As emissões de dióxido de enxofre (SO2) diminuíram 40% entre 2005 e 2013.

– A taxa de acidentes envolvendo trabalhadores  reduziu 9% entre 2007 e 2013.

Além de registrar o desempenho das empresas, o Relatório de Sustentabilidade ilustra como a indústria de base florestal contribui para os avanços da bioeconomia por meio da eficiência no uso de recursos, sequestro de carbono, tecnologias inovadoras, bioprodutos e benefícios para comunidades.

O relatório completo, em inglês, está disponível emhttp://www.icfpa.org/uploads/Modules/Publications/2015-icfpa-sustainability-progress-report.pdf.

Contribuíram para o Relatório de Sustentabilidade 2015 as indústrias florestais da Austrália, Brasil, Canadá, Chile, China, Europa, Japão Nova Zelândia, África do Sul e Estados Unidos.

Posicionamento sobre Reciclagem de Papel 

O ICFPA também acaba de divulgar seu posicionamento sobre reciclagem de papel, em quedestaca que é fundamental educar a sociedade sobre a importância da reciclagem, permitindo que o mercado determine o melhor uso final da fibra recuperada, e garantindo o funcionamento dos mercados de resíduos ao mesmo tempo em que respeita os contextos e sistemas nacionais.

“Associações de base florestal ao redor do mundo reconhecem a importância da recuperação de papel para a reciclagem”, disse Donna Harman. “Com essa declaração, estamos encorajando os governos a buscar as melhores práticas para permitir que as fibras recuperadas encontrem o seu melhor uso final”.

A taxa de reciclagem global de papel está em cerca de 58%. Alguns países desenvolvidos têm alcançado taxas mais elevadas, entre 70 a 75%.

A declaração completa, em inglês, está disponível emhttp://www.icfpa.org/uploads/Modules/Publications/icfpa-statement-on-paper-recycling.pdf.

Sobre o ICFPA – O International Council of Forest and Paper Associations (ICFPA) reúne associações da indústria de base florestal de 33 países. As entidades que formam o ICFPA representam cerca de 90% da produção mundial de celulose e 50% da produção mundial de papel.

Sobre a Ibá – A Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) é a associação responsável pela representação institucional da cadeia produtiva de árvores plantadas, do campo à indústria, junto a seus principais públicos de interesse. Lançada em abril de 2014, representa 60 empresas e oito entidades estaduais de produtos originários do cultivo de árvores plantadas – painéis de madeira, pisos laminados, celulose, papel, florestas energéticas e biomassa -, além dos produtores independentes de árvores plantadas e investidores institucionais.

Para mais informações, acesse os sites: icfpa.org e www.iba.org.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *