Home SeçõesResíduos Fábrica da Ypê em Salto (SP) conquista título de Aterro Zero

Fábrica da Ypê em Salto (SP) conquista título de Aterro Zero

por redação

Com o reaproveitamento dos resíduos, a empresa deixou de enviar mais de 100 toneladas de resíduos não recicláveis para aterros sanitários

A Ypê alcançou, recentemente, o marco de aterro zero em sua unidade de Salto, no interior de São Paulo. Esta conquista reconhece o esforço da Ypê para realizar o descarte de 100% de seus resíduos de forma controlada.

Do início de 2021 até maio desse ano, a empresa deixou de enviar mais de 100 toneladas de resíduos não recicláveis para aterros sanitários. Só em 2021 foram mais de 68 toneladas. Enquanto que nos cinco primeiros meses deste ano já foram mais de 36 toneladas.

O título aterro zero significa que os resíduos produzidos na unidade fabril deixaram de ser enviados para aterros sanitários, locais constituídos para receber este tipo de material que não tem mais uso ou utilidade. Além de representar uma prática negativa para o meio ambiente, o envio de resíduos para aterros também está relacionado ao espaço limitado de armazenamento desses locais.

Com a destinação adequada, os resíduos são direcionados para outras finalidades, como subprodutos para fornos de cimenteiras, ou utilizados para a pavimentação de estradas rurais, o que garante o seu reaproveitamento e o aumento de seu ciclo de vida. Assim, a Ypê contribui para fomentar a economia circular e amplia a vida útil dos aterros.

“A conquista na fábrica de Salto está alinhada à política de ASG (Ambiental, Social e de Governança) da Ypê e tem o protagonismo de nossos colaboradores que, com a realização da coleta seletiva, possibilitaram que os resíduos recicláveis não fossem destinados incorretamente para aterros sanitários. Trata-se de um trabalho amplo que vem sendo executado de forma totalmente colaborativa”, afirma Edmara Marques Rodrigues da Silva, diretora de Gestão, Controle e Performance da Ypê.

Para alcançar o nível de aterro zero, a Ypê redefiniu sua visão do que é um resíduo. O que antes seria descartado, agora torna-se matéria-prima para outro setor econômico, como a construção civil, por exemplo. O resíduo sanitário, as sobras de alimentos e as varrições são enviados para uma Usina de Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos, que usa o material como insumo sustentável na produção de Combustível Derivado de Resíduo (CDR) que, posteriormente, é transformado em energia para a fabricação de cimento.

A iniciativa que resultou no aterro zero está alinhada ao propósito da Ypê de priorizar ações que reduzam o impacto ambiental e o entendimento de que atitudes como esta são fundamentais para a longevidade dos negócios e do planeta. A empresa também conta com inúmeras iniciativas voltadas para a redução do consumo de água, da emissão de gases de efeito estufa, do uso de energia elétrica não renovável e de ampliação do uso de PET reciclado em suas embalagens.

Compartilhar
0 comentário

Posts relacionados

Deixe um Comentário