Home Notícias Fábrica da Philip Morris em Santa Cruz do Sul elimina copos plásticos descartáveis

Fábrica da Philip Morris em Santa Cruz do Sul elimina copos plásticos descartáveis

0
0

Ao fornecer alternativa reutilizável aos colaboradores,

empresa deixou de consumir 65 mil copos descartáveis por mês

  

A fábrica da Philip Morris Brasil (PMB) em Santa Cruz do Sul (RS) começou 2020 sem promessas, mas com uma ação concreta na área de sustentabilidade: implantou o projeto Sem Copos Descartáveis e, antes do final de janeiro, já conseguiu zerar o consumo de 65 mil unidades mensais do produto em suas instalações.

 

A iniciativa do departamento de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da unidade está alinhada ao compromisso global da companhia de reduzir seu impacto ambiental e gerir de forma sustentável os recursos limitados do planeta. O objetivo é eliminar o envio de qualquer resíduo a aterros sanitários até 2022, o que inclui os copos plásticos com resíduos de bebidas, cuja reciclável não é viável.

 

De acordo com o gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, Eduardo Schmitt, foi feito um estudo preliminar para identificar o melhor substituto dos copos plásticos: a opinião dos colaboradores foi determinante para definir, por meio de suas necessidades, o tipo de produto – garrafas e canecas -, que seria disponibilizado pela empresa. Além disso, foi feita a conscientização dos colaboradores. “Eles receberam orientações sobre o impacto positivo de se eliminar o lixo plástico do meio ambiente. Com base nas informações, que levaram em conta posto de trabalho, mobilidade e fácil higienização, escolhemos dois modelos de kits reutilizáveis para consumo de café ; e água, que foram fornecidos aos colaboradores”, explica.

 

A área administrativa passou a utilizar uma garrafa de água (squeeze) em aço inox e, para o café, uma caneca do mesmo material. Os colaboradores operacionais receberam uma garrafa em aço inox e acrílico com copo metálico acoplado. Os kits são personalizados com a logomarca da empresa, possuem instruções de higienização e alças para facilitar o deslocamento pela fábrica. As 1.400 peças contam também com adesivos e etiquetas para customização: isso permite que os colaboradores personalizem seus kits, evitando trocas.

 

Engajamento dos terceiros

Para realmente zerar o consumo de copos plásticos, as empresas prestadoras de serviços da fábrica da PMB também foram envolvidas no projeto. A transformação também incluiu os visitantes e fornecedores, que passam a receber copos reutilizáveis para água e café durante a permanência na fábrica. “Todo mundo participou. Com essa mudança de comportamento na fábrica deixamos de consumir 65 mil copos plásticos por mês, estimulamos a conscientização de nossos colaboradores para a preservação do meio ambiente e reforçamos nosso comprometimento com a sustentabilidade”, destaca Schmitt.

 

A PMI tem práticas globais de sustentabilidade. Para saber mais, acesse https://www.pmi.com/sustainability/sustainability-report.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *