Home Notícias Equipamentos evitam o desperdício de água na limpeza de empresas e residências
0

Equipamentos evitam o desperdício de água na limpeza de empresas e residências

0
0

limpeza-domesticaDiante da crise hídrica enfrentada por inúmeras regiões brasileiras, como em São Paulo, onde nenhum grande volume de chuvas tem sido suficiente para sanar o déficit acumulado nas represas de abastecimento, a sociedade tem buscado maneiras de promover o uso racional da água nas mais variadas atividades, principalmente, nas tarefas de limpeza e higienização.

Seja realizada em ambientes domésticos ou profissionais, como exemplo dos hospitais, a limpeza é a base da vida como a conhecemos, ou seja, todas as atividades humanas têm uma estreita relação com a limpeza e higienização.
No Brasil, reina a cultura do desperdício, tanto de água como de produtos químicos, que sobrecarregam os sistemas de tratamento de esgotos e efluentes, aumentando os custos destes serviços para todos.
No segmento institucional de limpeza, o uso de equipamentos como Sistemas Mop para Líquidos, Baldes Espremedores, Sistemas Mop com Spray, entre outros, são utilizados para aumentar a produtividade das equipes de trabalho e racionalizar os custos de produtos químicos.

“Entretanto, este uso não é uniforme e existem muitas empresas e consumidores que ainda não adotaram este tipo de solução, o que cria uma forte demanda a ser atendida por fabricantes e importadores no Brasil”, afirma Heitor Mazziero, diretor da Câmara Setorial de Fabricantes de Equipamentos. Dosadores e Acessórios da Abralimp – Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional.

Como o País apresenta dimensões continentais, a utilização de soluções profissionais é ainda menor longe dos grandes centros urbanos, revelando um amplo potencial de venda e aperfeiçoamento das ações.

No âmbito doméstico, os consumidores também buscam por soluções que tornem a limpeza mais prática e econômica. Com as mulheres participando cada vez mais da geração de renda nos lares brasileiros e com a recente melhora do poder aquisitivo das classes C e D, que fizeram com que a mão-de-obra de limpeza doméstica quase triplicasse de valor, a demanda por equipamentos e químicos aumentou significativamente.

“O mercado percebeu e se movimentou também, pois dezenas de empresas especializadas foram abertas para dar conta deste universo de oportunidades. Para estas empresas, os equipamentos profissionais também são imprescindíveis em função da produtividade e economia que proporcionam”, acrescenta Mazziero.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *