Home Seções Economia Verde Embalagens compostáveis: um futuro possível

Embalagens compostáveis: um futuro possível

0
0
O mercado de embalagens vem estudando muitas alternativas para solucionar o problema dos plásticos. As embalagens compostáveis ou biodegradáveis estão surgindo como a opção mais sustentável e interessante para a utilização em massa

Uma questão tem surgido na sociedade contemporânea: como substituir as sacolinhas de supermercado por uma opção mais sustentável e amigável aos consumidores?

O mercado de embalagens vem estudando muitas alternativas para solucionar esse problema. As embalagens compostáveis ou biodegradáveis são a opção mais sustentável e interessante para a utilização em massa.

O que são os bioplásticos?

Para entender esse novo tipo de embalagem, é importante definir o que são os chamados bioplásticos. Eles podem ser divididos em duas categorias com características principais: a primeira seria em relação à sua origem – se possuem matérias-primas provenientes de fontes renováveis ou fósseis, e a segunda seria em relação à sua compostabilidade. Isto é, se podem ser ou não biodegradados por micro-organismos. Assim, um plástico obtido por meio de fontes renováveis não é necessariamente compostável e vice-versa. Na verdade, a estrutura química do plástico e seu processo produtivo são os fatores que proporcionam sua característica de compostabilidade, independentemente da fonte de matéria prima empregada.

São considerados plásticos biodegradáveis os materiais que, por definição, sejam compostáveis ao fim de seu processo de biodegradação, após serem expostos ao meio ambiente. Isso significa que o material só pode ser considerado biodegradável quando, após o término de sua decomposição, o plástico transforma-se em água, CO2 e adubo. A BASF, empresa química com forte atuação em prol da inovação, conta com um portfólio de embalagens biodegradáveis que já estão à disposição no mercado brasileiro.

Vantagens dos materiais biodegradáveis

Certificados globalmente como materiais compostáveis, o ecoflex® e o ecovio® da BASF são soluções inovadoras e sustentáveis que apresentam grandes vantagens em relação aos plásticos normais. Entre elas, é possível citar a redução de impactos ao meio ambiente, já que, ao final de sua vida útil, o plástico se transforma em água, CO2 e adubo. Isto diminui de forma significativa o descarte em aterros sanitários e lixões, gerando um adubo que pode ser utilizado em pequenas propriedades agrícolas e nos parques da cidade, por exemplo.

Segundo a empresa, atualmente, as principais aplicações para esses bioplásticos, são:

  • Auxílio no gerenciamento de resíduos sólidos orgânicos: na forma de sacos de resíduos orgânicos, o ecovio® é uma excelente alternativa para a coleta e destinação dos resíduos orgânicos às centrais de compostagem. Hoje utilizam-se sacos com plástico convencional na logística dos resíduos orgânicos, o que acarreta alto custo de mão de obra e energia para separação destas embalagens nas centrais de compostagem, onde se produz o adubo. Já o saco produzido com a solução da BASF não precisa ser separado na central de compostagem. De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12305/2010), todas as cidades brasileiras terão que dar uma solução aos resíduos sólidos orgânicos por meio de compostagem a médio e longo prazo. Portanto, com sacos e sacolas feitos com ecovio® é possível proporcionar uma maior e melhor separação dos resíduos orgânicos em suas fontes geradoras, potencializando que maiores volumes destes materiais sejam enviados à compostagem.
  • Plásticos para agricultura, visando conservar a temperatura do ambiente e proteger as culturas de ervas daninhas: a grande vantagem em relação aos plásticos convencionais é que, a cada ciclo de plantio, os produtores têm que tirar os plásticos convencionais do campo. A remoção dos filmes não é completa e deixa resíduos plásticos no ambiente, empobrecendo o solo. Já com o ecovio®, os filmes não precisam ser removidos e não deixam resíduos no meio ambiente, pelo contrário, produzem adubo que enriquecem o solo, sem impactos ambientais, beneficiando o plantio e aumentando sua produtividade.
  • Embalagens em geral: A BASF possui soluções biodegradáveis e compostáveis para embalagens produzidas em diversos tipos de processo de transformação. O principal mercado em embalagens é destinado a produção de sacolas em geral em pontos de venda como supermercado, lojas de departamento, e outros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *