Home Seções Educação Ambiental Ciranda do Aprender apoia formação de educadores no Brasil
0

Ciranda do Aprender apoia formação de educadores no Brasil

0
0

Instituto Alcoa - ciranda do aprenderO Instituto Alcoa desenvolve este ano o novo Projeto Ciranda do Aprender em parceria com a Fundação Abrinq e as secretarias municipais de Educação das regiões em que estão localizadas as unidades da Alcoa. A iniciativa é voltada para a formação de educadores que atuam em escolas municipais de Educação Infantil, propondo atividades pedagógicas que estimulem o raciocínio lógico, a leitura, a linguagem e a comunicação de crianças de quatro e cinco anos.

O Ciranda do Aprender contará com seis encontros em cada localidade promovendo o debate de temas pedagógicos variados como desenvolvimento infantil, educação inclusiva, práticas de contação de histórias, orientações sobre trabalho junto às famílias, entre outros. O objetivo do projeto é formar 96 profissionais de educação infantil de 24 escolas, beneficiando mais de 3.000 crianças, direta e indiretamente, além de familiares e outros profissionais.

Com início das reuniões em fevereiro, a primeira edição do programa terá encerramento em outubro deste ano, com a realização do seminário final para apresentar os resultados obtidos ao longo de todo o processo.

Para a gerente de Projetos do Instituto Alcoa, Monica Espadaro, o Ciranda do Aprender beneficiará toda a comunidade por meio da multiplicação e compartilhamento do aprendizado. “Estamos agindo na formação dos professores, possibilitando que eles repassem estes conhecimentos para outros profissionais da área. Além disso, eles poderão continuar a colocar em prática as ideias do projeto no futuro, por muitas gerações. Ao fortalecer um elo, acabamos beneficiando todas as pessoas no entorno das localidades também de forma indireta”.

A gerente executiva da Fundação Abrinq, Denise Maria Cesario ressalta a relevância da formação dos profissionais da educação. “Daremos contribuição para o aprimoramento das práticas pedagógicas desenvolvidas na Pré-Escola, com crianças entre quatro e cinco anos, idade onde o estímulo é extremamente importante para o desenvolvimento do raciocínio lógico e aprimoramento a linguagem. Por isso a importância de trabalharmos na educação com qualidade desses alunos”.

Além da formação de professores e coordenadores pedagógicos de ensino infantil, o Projeto contemplará outras atividades. Alguns exemplos são a distribuição de instrumentos lúdicos, jogos educativos e exemplares de livros infantis para os colégios participantes; apoio e monitoramento durante a implantação de práticas pedagógicas inovadoras; auxílio à prática de encontros com famílias dos alunos beneficiados pelo projeto e a realização de seminários finais em cada localidade, para socializar e conhecer os resultados obtidos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *