Home Notícias Beraca inaugura planta com foco em tecnologia multipropósito
0

Beraca inaugura planta com foco em tecnologia multipropósito

0
0

A estrutura permitirá à indústria aumentar seu portfólio e oferecer uma gama de extratos e compostos aromáticos, muitos deles inéditos no mercado global de beleza e cuidados pessoais
Reconhecida no mercado como a maior fornecedora de ingredientes naturais provenientes da biodiversidade brasileira para as indústrias de cosméticos e cuidados pessoais, a Beraca expande sua fábrica em Ananindeua, no Pará, com a incorporação de nova tecnologia, baseada em um complexo bioextrator multipropósito, que permite processar tanto produtos da biodiversidade local, quanto outros ingredientes de origem natural, demandados pelo mercado.

Com isso, além do extenso portfólio de óleos e manteigas, uma vasta gama de extratos, bioativos e diferentes compostos aromáticos poderão ser produzidos pela indústria a partir da extração de folhas, raízes, resinas, óleos vegetais, entre outros. Os novos ingredientes, muitos deles inéditos no mercado, serão fabricados com padronização de ativos e comprovação da atividade biológica por meio de testes de eficácia e aplicação, agregando valor e inovação aos produtos finais desenvolvidos pelos clientes da empresa.

Com um posicionamento de biorrefinaria e de resíduo zero voltado para o pleno aproveitamento das espécies, a tecnologia possibilita, inclusive, o processamento da biomassa residual produzida, dando origem a novos compostos bioativos para o mercado de cosméticos.

“A nova planta é uma inovação para o setor e representa um marco na história da Beraca. Por se tratar de uma estrutura inédita no Norte do Brasil, ampliamos, de forma pioneira, nosso leque de insumos, passando a oferecer um serviço customizado e diferenciado para nossos clientes, além de promover o desenvolvimento socioeconômico da região”, acrescenta Daniel.

Ao fazer esse investimento, a empresa fortalece ainda mais o relacionamento desenvolvido há 20 anos com a cadeia produtiva. Isso porque, todos os frutos, sementes e demais insumos vegetais usados atualmente na fábrica para a produção dos óleos, manteigas, minerais e ativos, entre outros itens, são colhidos ou coletados por comunidades agroextrativistas localizadas nos mais diferentes biomas do Brasil.

Grupos estes que atuam sob a chancela do Programa de Valorização da Sociobidiversidade® da Beraca, criado pela empresa para garantir a rastreabilidade completa de matérias-primas, práticas de campo sustentáveis envolvendo as pessoas e a natureza, além de assegurar a ética e o respeito na fabricação e no fornecimento de ingredientes.

Mercado

A nova planta é uma aposta da empresa para aumentar seu portfólio e atender a uma demanda do mercado, sem abrir mão de seu DNA: a sustentabilidade. O investimento deve auxiliar a Beraca a manter o crescimento exponencial de 20% ao ano, resultado que vem obtendo desde 2016.

“Na Beraca, buscamos expandir por meio de pesquisa, inovação e tecnologia. Isso significa abrir ‘novas avenidas para consolidar a nossa atuação no setor’, mantendo e aprimorando nossa qualidade e ingredientes diferenciados e exclusivos. Esse posicionamento nos permite conquistar novas parcerias e solidificar a relação com os atuais clientes”, esclarece Daniel Sabará, CEO da companhia.

Vale destacar que o mercado de extratos apresenta atualmente uma carga de crescimento projetada em 9,1% ao ano até 2025 e chegará a um faturamento de 5,8 bilhões de dólares até 2022, segundo a pesquisa Global Botanic Extracts Market, da Data Bridge Market Research. O Brasil é o quarto maior produtor de extratos, atrás apenas da China, México e Índia. Frente a esse cenário que já é promissor, a nova planta da Beraca certamente contribuirá para o crescimento do setor não apenas nacionalmente como mundialmente, colaborando com a alavancagem da posição global do país.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *